Revista Rua

Saber. Rua Negócios

Modernismo e inovação

Insparedes

Andreia Filipa Ferreira

Texto: Andreia Filipa Ferreira |

Limpo, arejado, luminoso. À primeira leitura, esta introdução pode soar estranha ao nosso leitor tendo em conta que iremos falar de um centro de inspeções de veículos automóveis, mas é exatamente essa imagem mental que tipicamente compõe a ideia associada a este ramo de negócio que queremos desmistificar. A Insparedes, empresa fundada em abril de 1994, é tudo aquilo que um centro de inspeção automóvel deve ser: organizada, ampla e profissional. Com um centro em atividade em Braga e outro em Paredes, cidade de origem do fundador da empresa, Antero Lopes, a Insparedes é hoje gerida por Jorge Pereira, diretor técnico no centro de Braga e seguidor das ideias visionárias que sempre funcionaram como pedra basilar do negócio. “Neste momento, o Antero Lopes delegou-me as responsabilidades de gestão da Insparedes, mas ele é o mentor de todo este projeto. Foi graças à sua visão futurista que a Insparedes é hoje um centro ímpar. Por exemplo, em 2016, os centros de inspeção passaram a ser obrigados a estar dotados de mecanismos e infraestruturas que já existiam na nossa empresa desde 2007, graças à visão de Antero Lopes”, explica Jorge.

Com 24 funcionários na totalidade, a Insparedes é hoje um ícone em termos de inspeção automóvel. Em média, o centro de Braga, localizado na zona industrial Sete Fontes, é responsável pela inspeção de 80 a 100 automóveis por dia, enquanto o centro de Paredes, em Mouriz, dá as boas-vindas a um número superior de viaturas diárias: 120 a 150. Fazendo um balanço positivo da atividade, Jorge Pereira afirma que o volume de faturação, no ano passado, rondou os cinco milhões de euros, apontando como meta para 2017 um crescimento palpável. “Temos vindo a evoluir, de ano para ano. Posso dizer que o crescimento é mais acentuado no centro de Paredes, dada a sua localização e o facto de não existir concorrência direta ou próxima. Este ano temos objetivos um pouco mais ambiciosos. Queremos, pelo menos, alcançar os cinco milhões e meio de euros”, revela Jorge Pereira, acrescentando que: “em termos de equipamentos e infraestruturas, eu considero e garanto com toda a certeza de quem conhece bem o mercado, que nós utilizamos equipamentos topo de gama. Duvido que existam centros de inspeções melhores que o nosso! Quanto muito, poderão existir alguns centros equivalentes”, acredita.

Na verdade, bastam poucos passos dentro das instalações para perceber que a atmosfera da empresa em muito se diferencia da tipicamente associada a estes negócios: a receção ao cliente é elegante e bem-decorada, a área de receção de veículos é limpa e espaçosa e a parte mais administrativa é organizada e metódica. “O próprio ambiente da Insparedes é diferente. Não é escuro, por exemplo. E isso mostra o nosso modernismo. Queremos proporcionar às pessoas que cá trabalham e às pessoas que nos visitam boas condições, com luz solar. Nós quisemos dar um ar mais leve, mais arejado e mostrar que um centro de inspeções é um lugar comercial que pode ter um bom ambiente. Por exemplo, notamos um aumento substancial de senhoras que vêm trazer o seu carro à inspeção, talvez por esta nossa preocupação”, realça o gestor.

Apontando um rumo focado na capacidade de melhoria em termos de faturação, a Insparedes faz um balanço positivo da sua atuação no mercado da inspeção automóvel, evidenciando como mote principal a fidelização e angariação de novos clientes.


4 vídeos 817 followers