Revista Rua

Apreciar. Instagram

A ilusão dos pequenos mundos

Wandson Lisboa está na Rua

Nuno Sampaio

Texto: Nuno Sampaio |

As tuas fotos são ilustrações, simbolismos, pequenas histórias e lugares-comuns. Como é o teu processo criativo?

Falando agora como um rapaz crescido, vejo que quando eu era pequeno tinha uma casa cheia de gente com muito talento. A minha mãe sabia fazer as melhores decorações para a casa e era uma boa pintora. As toalhas da mesa de jantar eram cheias de flores e sempre obras dela. O meu pai sempre foi muito inventivo e fazia as melhores festas de aniversário (coisa que ando a querer herdar). O meu tio é e sempre foi do Teatro. Cresci com isso tudo. Pincéis, marionetas, diversão, cores e muito amor. Morávamos todos juntos. Acredito que isto ajudou no meu processo criativo que é bastante visual. Junto todas estas referências que tive em criança, os lugares-comuns e todo o acumulado visual de todos estes anos para criar uma coisa dentro do meu mundo.

 

A criatividade é um papel em branco?

No meu caso é. Depois de ir buscar todas as referências dentro da minha cabeça, vou compondo a mensagem que quero passar. Tento nunca ir pela primeira ideia que surge. A segunda, a terceira ou a quarta pode ser melhor. Penso sempre: ok, tive esta ideia, agora preciso melhorá-la. E tudo começa num caderno com folhas brancas e sem pautas onde desenho tudo antes de fotografar.

 

O humor é uma constante no teu trabalho. A utilização do humor, por vezes de uma forma crítica, é onde o teu mundo começa a espelhar-te?

Sempre usei o humor como forma crítica. Eu posso estar a sofrer seja lá com o que for, mas vou sempre usar o humor para demonstrar esse sentimento. Esta é, constantemente, a minha essência.

 

Qual a cidade que gostarias de expor o teu trabalho com impressões gigantes no meio da rua?

Nunca pensei nisso! Aos poucos estou a sair do Instagram digital e a levar as minhas ideias impressas em papel para vender. Fiz uns postais e uns cadernos. Tem resultado bem. Mas daí pensar em impressões gigantes seria uma novidade para mim. Mas gostava que fosse na terra onde tudo começou: São Luís do Maranhão, Brasil.


4 vídeos 817 followers