Revista Rua

Saber. Reportagem

Engraxat

O engraxador dos tempos modernos

Andreia Filipa Ferreira

Texto: Andreia Filipa Ferreira |

Em Vila Nova de Famalicão, um novo conceito de prestação de um serviço que, ao longo dos anos, se tornou quase inexistente, devido à pouca procura, tem mostrado que as tradições podem ser reinventadas. Alexandre Marques é o rosto da marca Engraxat, um projeto que, de uma forma original, propõe dar uma nova vida às sapatilhas que, com o uso, perdem o seu encanto. Como? Fácil. Engraxando!

Encontramo-nos com Alexandre Marques num dos espaços onde os clientes podem deixar as sapatilhas para recolha e limpeza: a Pluma Barber Shop, na Rua Alves Roçadas, em Famalicão. “O conceito da Engraxat é idêntico ao de engraxador de rua. Apenas não existe aquele momento de espera durante a limpeza. Neste caso, os clientes fazem o registo através do site ou dos formulários presentes nos locais parceiros, deixam as sapatilhas, fazem o pré-pagamento e eu, ao final do dia, recolho para efetuar a limpeza. Depois de dois ou três dias, coloco novamente as sapatilhas nos locais e os clientes recebem uma mensagem indicando que a limpeza está concluída”, explica Alexandre, esclarecendo que toda a ideia da Engraxat surge graças à sua experiência como funcionário em lojas de desporto, em que muitas vezes era confrontado pelos clientes com a pertinente questão “como devo limpar as minhas sapatilhas?”.

Recorrendo às informações que foi adquirindo nessa área – e respeitando um importante legado familiar, já que o seu avô era engraxador -, Alexandre começou a estruturar o plano Engraxat em setembro de 2016, lançando-o ao público em março de 2017. “A Engraxat é um clássico reinventado, já que atualmente as tradições antigas estão a voltar ao nosso dia-a-dia, como é o caso das barbearias, por exemplo”, refere Alexandre, acrescentando que, para além da Pluma Barber Shop, existem mais três espaços famalicenses que funcionam como ponto de recolha de sapatilhas para limpeza: 40 Sete 60, Rés-Do-Chão e Groove Spot – Clube de Danças Urbanas de Famalicão.

Relativamente à limpeza, Alexandre utiliza produtos caseiros, estando nesta fase em conversações com uma empresa de químicos para o desenvolvimento do produto ideal para o serviço. Engraxando todos os tipos de sapatilhas, dando especial atenção às camurças, que requerem mais cuidado, Alexandre introduziu na Engraxat dois métodos de limpeza: a limpeza clássica, relativa apenas ao exterior da sapatilha (com um custo de 6,99€) e a limpeza profunda, que inclui limpeza exterior, interior, serviço de fragrância e desodorização (por 8,99€).

Com intenções de levar o projeto para Lisboa e para o Porto, Alexandre é mais um exemplo da revolução de uma arte antiga, que apesar de condenada ao desaparecimento, tem encontrado ideias jovens e dinâmicas que a amparam e a projetam para um futuro risonho.

 


4 vídeos 1011 followers