Revista Rua

Viver. Espairecer

Mercados de Natal na Europa

Uma tradição centenária envolta em magia 

Joana Soares

Texto: Joana Soares |

A Europa vive o Natal como um momento mágico e bastante característico, havendo direito aos mercados de Natal, uma tradição centenária, que todos os anos se repete em muitas cidades europeias. Normalmente situados em torno das praças mais conhecidas, os mercados pitorescos e a combinar com a estação fria são um chamariz para imensa gente que, durante o mês de dezembro, procura o convívio, as prendas artesanais e recordações e as iguarias típicas.

Estrasburgo, França

O mais antigo da Europa

Numa das alturas mais esperadas do ano, Estrasburgo enche-se de gente que quer aproveitar os mais famosos mercados de Natal da Europa, que têm como atrações principais as decorações natalícias, os presépios e o artesanato típico. O Mercado de Natal de Estrasburgo, em França, era organizado à volta da catedral, mas a sua popularidade levou a que se começasse a distribuir por várias praças da cidade, sendo o mais antigo da Europa e um dos mais importantes. O mercado mantém o encanto e a autenticidade, enchendo as ruas de alegria e de deliciosos aromas que criam um ambiente inesquecível. Pelas ruas da cidade há animações, ateliers, comida típica e degustações de biscoitos de Natal alsacianos, fois grois, e outras iguarias, como vinho quente, para que se possa manter aconchegado enquanto aprecia os charmosos chalés iluminados e a gigante árvore de Natal que ilumina a Praça Kléber, ao som das orquestras e coros natalícios. Em Estrasburgo destacam-se o Christkindelsmärik, na Praça Broglie, o Mercado da Praça da Catedral e o Mercado das Delícias de Natal da Alsácia. Ainda na região da Alsácia há o famoso mercado de Colmar, que merece também ser visitado.

 

Colónia, Alemanha

Num ambiente de fantasia

Colónia é uma das muitas cidades alemãs que tem os típicos mercados de Natal, sendo seis os principais. O mercado situado em frente à Catedral de Colónia é o mais visitado, devido ao pano de fundo: o imponente edifício e as suas magníficas torres. Para além disso, está situado em redor de uma das maiores árvores de Natal do mundo e conta com música ao vivo e mais de uma centena de barracas para desfrutar. Há também o Mercado de Natal dos Anjos (Markt der Engel) em Neumarkt, com imensas figuras de anjos esculpidas em madeira, a Feira Medieval de Natal (Mittelalterliche Weihnachtsmarkt), uma das mais tradicionais, com músicas, roupa e pratos típicos da época, o Mercado do Porto, com cerca de 80 tendas brancas, petiscos e espetáculos de piratas. Há também o Mercado de Natal Flutuante, que é realizado a bordo de um barco ancorado no rio Reno. Pode também visitar o Mercado de Natal da Praça Rudolf (Weihnachtsmarkt auf dem Rudolfplatz), mais conhecido como Mercado de Natal dos Contos de Fadas, que é o mais original, uma vez que é baseado nos contos dos Irmãos Grimm, como Rapunzel, Cinderela, Branca de Neve e Rumpelstiltskin. Sendo a Alemanha um dos países com mais mercados de Natal, não podemos deixar de destacar o mercado de Frankfurt, Berlim, Munique, Nuremberga e Dresden.

 

Bruges, Bélgica

Viagem medieval

Bruges, durante todo o ano, é uma cidade mágica: na praça medieval Grote Markt é possível perceber todo o cuidado que há em manter a cidade preservada, dando-nos uma noção do que era a vida há cinco séculos. Claro que, na época natalícia, a magia da cidade se torna ainda maior quando surge um mercado de Natal, com luzes e músicas alusivas à época. Apesar de ser um mercado pequeno, por estar adaptado às dimensões da praça, é possível apreciar a beleza dos edifícios iluminados e das barracas de madeira que vendem presentes, peças de artesanato e especialidades culinárias, como batatas fritas, frutos do mar, waffles, chocolate quente, cerveja e vinho quente. Há também uma enorme pista de gelo e uma série de mercados mais pequenos, que tornam a cidade ainda mais unida em torno da época. Na praça Simon Stevinplein, concentram-se as barracas que vendem roupas, acessórios e decorações de Natal. Na Bélgica pode aproveitar também outros mercados de Natal, como o de Bruxelas e o de Gante.

 

 

Basileia, Suíça

O espírito natalício mais reluzente

Basileia é conhecida por ter o maior e mais tradicional mercado de Natal da Suíça, para além de ter a mais extensa iluminação de rua na época natalícia. O mercado tem lugar em dois sítios da cidade: na Barfüsserplatz, ao redor da igreja, e na Münsterplatz, na praça da catedral. Aqui, no centro histórico, imensas barracas com artesanato local, decorações e iguarias tradicionais, como as salsichas em fatia de pão, as bombocas e fruta coberta de chocolate, surgem em dezembro. Nesta altura do ano, pode também encontrar nesta cidade uma roda gigante, um escorrega para trenós e uma pista de gelo. As crianças a cantar canções de natal multiplicam-se pela cidade, criando um ambiente único, que torna o espírito ainda mais natalício. Para os mais pequenos, há o Märchenwald (floresta encantada), que são várias casinhas onde podem decorar velas, fazer pinturas, trabalhos em madeira, fazer lebkuchen (uma espécie de pão de mel) e assar pão. No resto do país pode encontrar outros mercados de Natal bastante conhecidos, como o de Zurique, o de Lucerna e o de Berna.


Relacionados

4 vídeos 817 followers