Revista Rua

Observar. Freguesias

Nova Igreja de São Tiago de Antas valoriza Famalicão

Redação

Texto: Redação |

Novo centro religioso de São Tiago de Antas é inaugurado no próximo domingo, 27 de novembro, pelas 15h00.

A nova igreja de São Tiago de Antas abre as portas à comunidade no próximo domingo, 27 de Novembro, a partir das 15h00, com uma missa inaugural presidida pelo Arcebispo Primaz de Braga, D. Jorge Ortiga.

A nova igreja que se distingue pelo arrojo e pela modernidade, sobressai na paisagem famalicense, constituindo um motivo de orgulho para a comunidade religiosa, como frisou o pároco de Antas, Agostinho Alves. O pároco não esconde a satisfação pela obra concretizada: “as pessoas acham esta igreja espetacular, muito bonita, um encanto e nós também achamos”, destacou, salientando, principalmente a utilidade e necessidade da estrutura, que vai servir uma comunidade paroquial de oito mil habitantes. 

“Era uma obra urgente para a paróquia. Esta igreja vai permitir, mais assistência religiosa, melhores condições para o culto e para o atendimento à população”,sublinhou o Padre Agostinho, explicando que “desde há várias décadas que a obra era necessária, a antiga igreja tem a sua arquitetura e a sua história, mas era insuficiente”.

Projetada em forma oval, “em significado alusivo a Jesus que abraça o seu povo”, os anéis exteriores da nova Igreja simbolizam a coroa de espinhos de Cristo. Para além da igreja com capacidade para 500 lugares sentados, o edifício é ainda constituído por um Centro Pastoral constituído por um salão polivalente e sete salas para catequese. A construção da nova igreja implicou um investimento de 3,2 milhões de euros. A Câmara Municipal de Famalicão para além da cedência do terreno, atribuiu vários apoios no valor total de 230 mil euros, que comparticiparam o projeto e obra.

As obras de reabilitação urbana da zona envolvente, com projeto de Hugo Correia e Jorge Maia, implicaram um investimento municipal de 600 mil euros. Para o presidente da União de Freguesias de Antas e Abade de Vermoim, Manuel Alves, “esta obra é uma mais-valia para a freguesia, que está bem-enquadrada com a paisagem e valoriza esta área”.


4 vídeos 725 followers 2 posts