Revista Rua

Apreciar. Música

O blues e o folk de Frankie Chavez regressou ao Sons do Vez com plateia repleta

Marta Alves

Texto: Marta Alves |

Depois de Carlão abrir as portas para a 16.ª edição do festival Sons de Vez, no passado sábado Frankie Chavez e Miguel Tela foram dois nomes da música moderna portuguesa que atuaram dentro das instalações da Casa das Artes, em Arcos de Valdevez. Ambos apresentaram os seus mais recentes discos: Chavez trouxe de Lisboa um trabalho lançado no ano passado, intitulado por Double or Nothing e, a banda da “prata da casa” ecoou o álbum de estreia Embriaguez, que tem como inspiração a escrita de Nurmi Rocha (1932-1974). Foi primeiro o diálogo de jazz e de rock de Miguel Tela que provocou um ouvido atento dos espetadores e, mais tarde, a forte influência de blues e de folk de Frankie Chavez que encruzilhou ambientes energéticos e outros mais tensos.

Calorosamente aplaudidos, os espetáculos contaram com um auditório cheio, desde crianças a graúdos. O próximo concerto está agendado para o dia 17 de fevereiro, próximo sábado, com o rock português dos Linda Martini a celebrar os 15 anos de existência.

[ Frankie Chavez ]

[ Miguel Tela ]


4 vídeos 911 followers