Revista Rua

Observar. Região

O tradicional Pudim Abade de Priscos

Andreia Filipa Ferreira

Texto: Andreia Filipa Ferreira |

Há quem diga que o Pudim não é doce natalício, mas nós discordamos. Se for um tradicional Pudim, seguindo a receita original deixada pelo Abade de Priscos, há sempre um lugarzinho na mesa das sobremesas da ceia de Natal. E é essa tradição, que passa de geração em geração, que encontramos na centenária Doçaria Cruz de Pedra, a eterna marca criada em 1922 pelo mestre pasteleiro António Xavier Martins e hoje facilmente encontrada na Pastelaria Sàbiá, na Rua Beato Miguel de Carvalho, em Braga.

Esta é uma história de família. Manuel Almeida é hoje um jovem que percorre o caminho já outrora trilhado pelo seu bisavó e gerações em diante. Seguindo as receitas originais, adaptando apenas o processo à medida que os anos foram passando, Manuel Almeida dá as suas mãos à confeção de um doce considerado o ex-libris de Braga e do Minho.  Especializando-se neste doce por excelência, Manuel Almeida conseguiu as atenções, vendendo atualmente Pudins para todo o país – sucesso para o qual contribui a embalagem em cortiça térmica, desenvolvida especialmente para manter a textura e o sabor do Pudim intacto durante o transporte.

Com três tamanhos, de 1kg, 600gr ou 80gr, o Pudim Abade de Priscos da Doçaria Cruz de Pedra já foi incontáveis vezes galardoado – até em Inglaterra. Mas o que terá este Pudim de tão especial? Manuel explica: “Primeiro, é a seleção que fazemos da matéria-prima, que torna tudo especial. Não usamos ovos pasteurizados, nem desclarados, fazemos tudo à moda antiga, partindo os ovos um a um. Recorremos apenas a fornecedores de confiança”. “Este é um doce que não tem uma altura específica para ser consumido. No entanto, no Natal, assistimos a um pico de consumo porque já ninguém quer deixar de fora da mesa de Natal o Pudim”, acrescenta Manuel.

Aos interessados em encomendar, Manuel deixa um conselho: “Pedimos que façam sempre encomendas, tanto por telefone, presencialmente, por Facebook ou email. Embora tenhamos sempre alguns pudins em loja, preferimos trabalhar por encomenda para garantirmos sempre que o produto é o mais fresco possível”.

 


4 vídeos 817 followers