Revista Rua

Lifestyle. Ao Volante

Renault ZOE - O puro citadino

Nuno Sampaio

Texto: Nuno Sampaio |

O ZOE, o citadino elétrico da Renault, fez a sua primeira aparição em 2012. Em 2015 sofreu o primeiro upgrade, oferecendo mais 150 km de autonomia, mas foi este ano que se notou uma evolução mais significativa com o novo ZOE Z.E. 40, reivindicando 300 km de autonomia real.

As novas baterias foram desenvolvidas em parceria com o grupo LG e fornecem uma energia de 41 kWh, quase o dobro do modelo anterior (22 kWh), que ainda se encontra em comercialização. O novo citadino elétrico do fabricante francês beneficia de um carregador inteligente Cameléon que se adapta aos diferentes postos de carga, onde é possível recuperar em 30 minutos uma autonomia de 80 km.

O exterior do novo ZOE não sofre grandes alterações em relação ao modelo anterior, onde apenas evolui nos acabamentos. Contudo, o topo de gama, a edição exclusiva Bose, conta com estofos em pele, jantes de 16 polegadas, bancos aquecidos e um sistema de áudio da marca Bose.

Entregando um veículo para retoma, e enquanto for possível beneficiar de incentivos de 2.250€ que o Estado concedeu à compra de automóveis elétricos durante 2017, a versão Intens Flex é proposta por 17.560€ e a Bose Flex por 20.280€. Para quem pretenda ser dono da sua própria bateria, os preços passam a ser de 28.770€ para a variante Intens, de 31.490€ para a Bose e de 26.835€ para a Life.

Com o aumento da rede pública da Mobi.e em todo o país, os veículos elétricos começam a ser uma realidade urgente e o novo ZOE torna-se assim um competidor à altura.  


4 vídeos 808 followers