Revista Rua

Lifestyle. Vestir

Uma boa dose de atrevimento

Hugo Conceição

Texto: Hugo Conceição |

 
Há um requinte especial quando olhámos para um homem de Braga. Há um toque característico que diz ‘Não somos carneiros, somos lobos’, porque assumimo-nos como condutores de moda. Ao longo do tempo, fui angariando uma carteira de clientes a quem posso chamar de amigos. Aliás, penso que devo ter uma das únicas lojas em Braga que francamente assume que veste pessoas, amigos. Pode parecer um conceito estranho, mas a verdade é que vender roupa, qualquer vendedor vende, mas vestir uma pessoa não é para todos. Foi em torno desse conceito que fundei uma marca própria, a Stretchiatella (stretch, de elástico, e tella, de inspiração italiana).
 
 
Tentei fundar um conceito diferente, sempre com a ideia de que o nosso cliente tem de ser nosso amigo e trazendo um pouco de atrevimento ao outfit de quem nos procura. Foi com esta  perspetiva que vesti o guarda-redes do Sporting Clube de Braga, Tiago Sá, para a gala de atribuição dos Guerreiros de Ouro. A primeira vez que o Tiago me procurou, criámos uma relação de amizade. Penso que o facto de eu estudar, quase de um modo inato, a personalidade e fisionomia de uma pessoa mal ela coloque os pés na minha loja ajuda a criar uma relação de confiança. Costumo dizer, num tom de brincadeira, que me poderia descrever como ‘arquiteto da moda’. O Tiago, nesta gala, foi 100% vestido pela Stretchiatella – sobretudo, blazer, sapatos feitos à medida graças ao nosso serviço bespoke tailoring e todos os restantes detalhes do look foram exclusivamente pensados para adaptar-se à pessoa que o Tiago é. Com 22 anos, o Tiago tem um brilho de espetacularidade, tem uma altura fora do vulgar e enverga uma postura de líder. Então, tirei partido desses elementos, tentando colocar um pouco do tal atrevimento que é necessário: a cor bourdeux aliada aos detalhes pretos e uma forma graciosa de pensar os sapatos, conjugando veludo e verniz para dar um toque de gala. No inverno, gosto muito de criar peças que misturem o veludo com a caxemira, com forros em cetim, criando assim um look leve, elegante e quente. Com o Tiago deu para explorar muito isso, já que ele colaborou imenso comigo e não teve receio de arriscar. Claro que seria mais fácil colocá-lo de preto, como a maior parte dos dirigentes do clube optaram, mas o facto do Tiago envergar nessa minha onda de atrevimento tornou tudo mais espetacular. Sem gravata, mas com um lenço a dar o tal toque charmoso, o feedback foi bastante positivo.
 
 

Relacionados

4 vídeos 568 followers 2 posts