Revista Rua

2018-09-11T10:55:29+00:00 Cultura, Dança, Radar

Espetáculo de Olga Roriz em homenagem a Ingmar Bergman

Fotografia ©Filipe Cunha
Joana Soares
Joana Soares11 Setembro, 2018
Espetáculo de Olga Roriz em homenagem a Ingmar Bergman

A meio da noite, uma homenagem ao realizador sueco Ingmar Bergman, chega ao Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor já este sábado, 15 de setembro, às 21h30. A coreógrafa portuguesa Olga Roriz apresenta ao público este espetáculo como forma de celebração do centenário do nascimento do realizador. A meio da noite procura explorar a complexidade das relações humanas, baseando-se nos homens e mulheres assustadoramente reais que serviram de inspiração a muitos dos filmes de Ingmar Bergman.

Focando-se na temática existencialista do encenador e cineasta, esta é uma peça sobre o processo de criação numa procura incessante de si próprio e dos outros, que mistura a mentira com a verdade dos factos. Tudo nasce dos pensamentos e pesquisas, de mentes mergulhadas em livros, computadores e vídeos: o som, a luz, as imagens, as ações e contradições, dramas, pesadelos e fantasmas surgem, assim, através do imaginário de criação.

No final do espetáculo, a coreógrafa junta-se ao público para um momento de conversa e partilha. Os bilhetes custam dez euros (ou 7,5 euros, se forem adquiridos com desconto) e encontram-se disponíveis nas bilheteiras do Centro Cultural Vila Flor, do Centro Internacional das Artes José de Guimarães e da Casa da Memória de Guimarães, bem como nas lojas Fnac e El Corte Inglês, entre outros pontos de venda, e na internet em www.ccvf.pt e oficina.bol.pt

Partilhar Artigo:
Fechar