Revista Rua

2020-09-24T11:53:02+00:00 Histórias

10 acontecimentos que marcaram 2020 (até ao momento)

©Atta Kenare / AFP
Redação
Redação24 Setembro, 2020
10 acontecimentos que marcaram 2020 (até ao momento)

Por Vera Salazar

O ano de 2020 já começou há nove meses! Pois, ninguém acredita. O ano 2020 parece-nos o bebé mais longo do mundo para se dar à luz. Mas, na verdade, não se pode definir este ano apenas com a simples marca “Covid-19”, até porque muito aconteceu e nem demos por isso. Ao longo deste artigo iremos esclarecer alguns acontecimentos marcantes durante este período.

©Nazanin Tabatabaee/Reuters

Tensão entre os Estados Unidos e o Irão

No dia 2 de janeiro ocorre um bombardeamento americano no Aeroporto de Bagdá e que leva à morte de um dos homens mais poderosos do Irão, considerado um herói nacional, Qassem Soleimani. O Pentágono confirmou que o ataque foi fruto de uma ordem norte-americana de Donald Trump que culpou Soleimani pela morte de americanos no Oriente Médio. No dia do Funeral de Qassem cerca de 30 pessoas foram mortas, o que levou o Irão a disparar 22 mísseis contra duas bases aéreas americanas no Iraque. Estes acontecimentos mantiveram o mundo em tensão até ao discurso do Presidente dos Estados Unidos que abordou a paz.

©D.R.

Incêndios na Austrália

No dia 23 de janeiro, cerca de um bilião de animais foram vítimas dos fogos florestais na Austrália. Foram perdidos 11 milhões de hectares de floresta e três bombeiros morreram em um acidente de avião durante o combate aos incêndios, já declarados como dos maiores incêndios a nível mundial.

©D.R.

Megxit: A saída de Harry e Meghan Markle da realeza

O casal anuncia a revoga dos seus cargos face à monarquia britânica assim como de todos os encargos financeiros. Após uma grande especulação, a Rainha Elizabeth declara que concorda com a decisão tomada pelo neto e pela sua esposa e que ambos podem sempre contar com a casa real.

©D.R.

Marinha dos EUA confirma a existência de OVNIs

Pode ter passado rápido demais para assimilarmos esta informação, mas – lá está – são OVNIs! O exército americano quebrou, no dia 28 de abril, o sigilo sobre três vídeos gravados por pilotos da Marinha americana que mostram objetos voadores não identificados, objetos esses que não eram para ser divulgados. Nas imagens, os pilotos parecem surpresos com a velocidade hipersônica do objeto que viam sem asas ou motores. O porta-voz Joseph Gradisher afirma que a Marina não adotou a expressão OVNI, em vez disso adotou o famoso epíteto “objeto não identificado”, uma vez que, “a terminologia Fenómenos aéreos não identificados é usada porque fornece o descritor básico para avistamentos/observações de aeronaves/objetos não autorizados/não identificados que foram observados entrando/operando no espaço aéreo de várias faixas de treinamento controladas por militares”, afirma o porta-voz do vice-chefe de operações navais para guerra de informação. Não existe a certeza que, de facto, sejam seres de outro planeta, até porque muitas das opções são drones ou aviões experimentais.

© Global Imagens

Incêndio no Canil Cantinho das Quatro Patas em Santo Tirso

Um incêndio em Agrela levou à perda de 54 animais. Este canil já teria sido alvo de denúncias em 2018 pela falta de higienização, no entanto, não existiram evidências suficientes para o seu encerramento. O canil Abrigo de Paredes também foi afetado com o incêndio. Este caso gerou bastante polémica já que os proprietários deixaram o local aquando o começo do incêndio e proibiram a entrada dos apoios de salvamento e a resposta da GNR fora lenta. Perante esta situação, começou uma petição para o apoio aos animais feridos pelo incêndio, conseguindo mais de 113 mil assinaturas em menos de 24 horas. Os animais resgatados foram acudidos pelos canis municipais.

©D.R.

Black Lives Matter

Em 2013, este movimento ativista internacional começou com o uso da hashtag #BlackLivesMatter nas redes sociais após a absolvição de George Zimmerman na morte a tiros do adolescente afro-americano Trayvon Martin na Flórida. Em 2020, este movimento surge com mais força depois da morte de George Floyd. A frase “I CAN’T BREATHE”(“Eu não consigo respirar”), frase dita por Floyd antes da sua morte, esteve presente em vários cartazes durante os protestos internacionais. Estes protestos levaram à morte de várias pessoas e a confrontos acesos entre os protestantes e a polícia.

©D.R.

Morte de Kobe Bryant

O ex-jogador de basquetebol faleceu num acidente de helicóptero na cidade de Calabasas, na Califórnia. O voo ia apenas com nove pessoas, incluindo a sua fila Gianna, e todas acabaram por falecer no local. O ídolo tinha apenas 41 anos.

©Nacho Doce

Terramoto no México

Em junho, a Cidade do México tremeu com um sismo de magnitude de 7.5. Vários foram os estragos materiais deixando mais de 30 pessoas feridas e causando o falecimento de seis pessoas.

©Athit Perawongmetha/Reuters

Jogos Olímpicos cancelados

Os Jogos Olímpicos iriam ter lugar em Tóquio este ano, no entanto, devido à pandemia mundial, tiveram de ser cancelados e adiados para o ano de 2021. Esta situação apenas aconteceu durante o decorrer das Guerras Mundiais, sendo a primeira vez cancelado desde a Era Moderna.

©D.R.

Parasita ganha o Óscar de Melhor Filme

Um marco bastante importante deste ano de 2020 seria a celebração dos óscares e a vitória do primeiro filme coreano. Durante vários anos, os filmes vencedores eram tipicamente falados em inglês até que o produtor sul-coreano, Bong Joon Ho, levou para casa o óscar de Melhor Filme, mostrando que a arte pode ser traduzida em várias línguas.

Partilhar Artigo: