Revista Rua

2020-02-05T18:57:04+00:00 Cultura, Música

10 artistas para manter debaixo de olho em 2020

Há novos singles, novos álbuns e novos concertos anunciados!
Samuel Úria ©Vera Marmelo
Redação27 Janeiro, 2020
10 artistas para manter debaixo de olho em 2020
Há novos singles, novos álbuns e novos concertos anunciados!
Noiserv ©Vera Marmelo

Texto: Eva Afonso e Daniela Simões

Noiserv

“Neutro” é o segundo avanço do novo álbum de Noiserv, com edição marcada para setembro de 2020. Este single, que segue o mesmo registo da canção lançada anteriormente, “Meio”, tem uma melancolia contemplativa e dá destaque à língua portuguesa, que é o foco central da comunicação do compositor. Noiserv é um projeto de David Santos, músico lisboeta, em que o artista sobe a palco sozinho e produz música com vários instrumentos. Esta habilidade faz com que seja reconhecido como “Homem-Orquestra”.

A incerteza do trio certo

A incerteza do trio certo é um projeto musical, que mistura o estilo de música contemporânea, jazz e rock. Foi criado pelo guitarrista António Pedro Neves, que se juntou a Diogo Dinis, contrabaixista, e ao baterista Miguel Sampaio. O trio já tem dois concertos marcados para este ano. O primeiro, a 25 de janeiro, no Salão Brazil, em Coimbra, e o segundo no 10º Festival Porta-Jazz, no Porto, no dia 8 de fevereiro.

Clã

Tudo no Amor”, escrito por Sérgio Godinho, é o novo single de apresentação do próximo álbum de originais dos Clã, que será editado na primavera de 2020. O novo projeto ainda não tem título, mas, além de Sérgio Godinho, há ainda letras de Samuel Úria, Arnaldo Antunes, Carlos Tê e a rapper Capicua. Depois da saída de dois membros da banda, no verão passado, a banda apresenta agora dois novos músicos, Pedro Oliveira, na bateria, e Pedro Santos, no baixo.

Cristina Branco

Delicadeza” é o single de apresentação do novo trabalho de Cristina Branco. Eva é o título do álbum, com edição prevista para março de 2020, que dá destaque à música atual portuguesa, que é a base explorada pela intérprete. Cristina Branco conta ainda com o apoio dos músicos: Bernardo Couto na guitarra portuguesa, Bernardo Moreira no contrabaixo e Luís Figueiredo no piano.

Filipe Sambado

O novo álbum de Filipe Sambado estreia já este mês. Revezo é o título do terceiro álbum do artista e a música de apresentação, “Joia da Rotina” também já foi lançada. Inspirado em Rosália Sambado, o músico português apresenta agora um estilo diferente dos projetos anteriores, num trabalho que mistura a música tradicional portuguesa com o pop rock.

Mallu Magalhães

Mallu Magalhães, a autodidata jovem cantora e compositora brasileira de 27 anos, conhecida pela sua leveza e melodia acústica, anunciou que o seu próximo álbum, ainda sem título, está previsto ser lançado no início deste ano. O primeiro single e vídeo de avanço do  quinto disco de originais da artista serão revelados brevemente.

Mallu Magalhães

Samuel Úria

“Fica Aquém”, divulgado em novembro, foi o primeiro single de avanço do novo álbum de Samuel Úria, que será lançado em abril deste ano. O alternativo artista português anunciou as primeiras datas das apresentações oficiais do disco na Casa da Música, no Porto, a 22 de abril e no Tivoli BBVA, em Lisboa, no dia 29 do mesmo mês.

André Henriques

A distinta voz e guitarra de Linda Martini, André Henriques, anunciou o lançamento do seu primeiro álbum de estúdio, no início de 2020, estreando-se como artista a solo. O artista, com este disco, vai criar o seu próprio universo musical e estender a sua identidade, sempre com a união do fado e música portuguesa, com as suas singulares letras. Em dezembro já foi divulgado o primeiro single de avanço “De repente” e também já foram anunciadas algumas datas da digressão que vai apresentar o novo álbum. O músico vai tocar no Capitólio, em Lisboa, no dia 22 de abril e vai passar também por Setúbal, Ponte de Lima, Fafe e Nazaré.

Tiago Bettencourt

“Trégua”, a primeira música divulgada em dezembro, foi o teaser do novo álbum de Tiago Bettencourt, que ainda não tem título e será lançado este ano. O artista quer que este novo disco seja marcado pela singularidade, através da mistura de várias influências e da musicalidade das guitarras acompanhado pelo músico Pedro Franco. Os espetáculos que aconteceram em Lisboa, no ano passado, tiveram o particular formato 360º, para ir de encontro ao estilo intimista do álbum e, este ano, o registo vai manter-se.

Ana Moura, Branko e Conan Osíris

No início do novo ano, Branko, Ana Moura e Conan Osíris juntaram-se para criar um novo tema. “Vinte Vinte” celebra os ritmos da música tradicional portuguesa, atualizando os ritmos da chula. Esta música nasceu com o desafio colocado à fadista Ana Moura de criar um tema que encerrasse o desfile da edição de 2019 do Moda Lisboa, pelo estilista Luís Carvalho. Convidando Branko e Conan Osíris, os três criativos juntaram-se no estúdio numa tarde e produziram a singular melodia.

Partilhar Artigo: