Revista Rua

2019-09-05T22:53:59+01:00 Cultura, Fotografia

16 figuras públicas deixam-se fotografar “Na Pele Dela”

Projeto fotográfico reúne rostos masculinos que posam em cenários associados à mulher e estará em exposição no Todos Playground a partir de 12 de setembro.
Redação30 Agosto, 2019
16 figuras públicas deixam-se fotografar “Na Pele Dela”
Projeto fotográfico reúne rostos masculinos que posam em cenários associados à mulher e estará em exposição no Todos Playground a partir de 12 de setembro.

“Na Pele Dela” é um projeto fotográfico que envolve 16 figuras públicas e as convida a despirem-se de preconceitos deixando-se fotografar na pele de uma ela, em contextos ditos femininos – executando lides domésticas, fazendo a depilação e a manicure ou aplicando maquilhagem. Entre os fotografados estão Albano Jerónimo, Carlão, Hélio Morais (Linda Martini), Igor Ribeiro (Ghetthoven), Jhon Douglas, Julião Sarmento, Leonaldo de Almeida, Paulo Furtado (The Legendary Tigerman) e Tomás Wallenstein (Capitão Fausto).

“Na Pele Dela” é o projeto fotográfico de estreia de Maria Lopes, produtora, programadora e DJ e Mário César, que desde que terminou os seus estudos, mergulhou no mundo da publicidade, marketing e fotografia. “Começámos a desenvolver a ideia que acabou por se corporizar no conceito de Na Pele Dela há cerca de cinco meses. Trata-se de um projeto independente, paralelo às nossas atividades profissionais e no qual nos aventurámos a nível pessoal”, adiantam. “Acreditamos que não há comportamentos exclusivamente femininos e queremos desconstruir a dicotomia redutora e simplificada que continua a ser perpetuada na nossa sociedade em pleno século XXI. Na Pele Dela pretende ser uma ode à igualdade na individualidade”, sublinham.

Este projeto que surge num momento em que a problemática da igualdade de género tem adquirido cada vez mais relevância no espaço público e procura contestar o papel tradicional da mulher na sociedade, assumindo uma postura ativa na transformação de mentalidades e atitudes enraizadas. A inauguração da exposição está marcada para dia 12 de setembro, pelas 18h, no Todos Playground, em Marvila.

As fotografias estarão em exposição de 12 a 13 e de 19 a 22 de setembro, levando os espetadores a questionar as representações de género que têm sido estereotipadas ao longo da história, assim como as construções sociais que lhes estão subjacentes.

Partilhar Artigo: