Revista Rua

2019-07-13T10:59:49+01:00 Descobrir, Radar, Viagens

3 refúgios imperdíveis para as suas férias

... e sim, são em Portugal!
Conversas de Alpendre Fotografia ©Rui Vaz Franco
Andreia Filipa Ferreira13 Julho, 2019
3 refúgios imperdíveis para as suas férias
... e sim, são em Portugal!

Pedras Salgadas Spa & Nature Park

No coração da natureza

Localizado em Vila Pouca de Aguiar, o Pedras Salgadas Spa & Nature Park, com arquitetura de Luís Rebelo de Andrade, é um destino perfeito para quem quer sentir-se membro da realeza. As suas Eco Houses (um autêntico oásis para repouso em família) ou as Tree Houses (literalmente entre as copas das árvores para uma escapadinha de casal) são destaques imperdíveis. A visita ao spa termal, renovado pelo arquiteto Siza Vieira, é obrigatória para aproveitar os benefícios da água termal das fontes de Pedras Salgadas.

Herdade do Amarelo

O charme do litoral alentejano

A Herdade do Amarelo Natura & Spa fica em São Luís, perto de Vila Nova de Milfontes e é um lugar mágico. Num ambiente acolhedor e totalmente relaxante, esta herdade em contexto rural é um refúgio gracioso para os tempos quentes. Com vistas sobre a planície alentejana e a serra, as ofertas da Herdade do Amarelo incluem experiências especiais em suites repletas de bom gosto. A suite panorâmica, por exemplo, em forma de hexágono e rodeada por amplas janelas é o espaço mais romântico e exclusivo da herdade. Imperdível!

Conversas de Alpendre

Na luz do sotavento algarvio

Fotografia ©Rui Vaz Franco

Perto das melhores praias, em Vila Nova de Cacela, no Algarve, o Conversas de Alpendre é um refúgio de turismo rural de decoração clean, numa perfeita harmonia entre rusticidade e sofisticação, com madeiras, têxteis e azulejos tradicionais portugueses. Tentando mostrar a verdadeira alma do Algarve, este espaço encantador é uma sugestão imperdível no sul do país. As suites, abundantes de luz, são uma extensão da tranquilidade exterior. Escusado será dizer que o aroma a laranja preenche a atmosfera destas Conversas de Alpendre.

Partilhar Artigo: