Revista Rua

2020-10-15T17:45:10+00:00 Gastronomia, Radar, Sabores

6 sugestões para passar uma tarde de inverno na cidade de Braga

©Nuno Sampaio
Redação
Redação15 Outubro, 2020
6 sugestões para passar uma tarde de inverno na cidade de Braga

Por Vera Salazar e Sara Araújo

Chegou o momento esperado, o momento que Game of Thrones nos fez prever: “Winter is coming”, definitivamente. E, com o fim da estação quente, os dias estão mais curtos e o frio já se começa a sentir, por isso, tirámos o pó aos casacos de inverno arrumados no fundo dos armários e trocamos os gelados pelas bebidas quentes. Quer saber onde pode relaxar e desfrutar de um lanche que nos aquece o coração (e o corpo)? Então aponte as nossas sugestões de espaços acolhedores e com propostas deliciosas, na cidade de Braga. Na dúvida, escolha visitar todos estes locais!

 

Elsa Ferreira ©Nuno Sampaio

Faz de Conta: uma opção que pretende conectar pais e filhos

Panquecas em forma de animais, tostas em forma de coruja e até café (com uma base de chocolate!) para os mais pequenos. A ideia vem de Elsa Ferreira, uma mãe de dois filhos, que criou um espaço onde os miúdos podem brincar e ser livres, enquanto os pais desfrutam de uma refeição. O Faz de Conta tem três áreas distintas: a cafetaria, a loja e a organização de eventos, onde disponibilizam a área superior do espaço, mas também onde podem ocorrer workshops ou oficinas não só para as crianças como também para os adultos. Aberto desde setembro de 2020, o feedback do público tem sido bastante positivo e Elsa acredita que a situação do vírus até ajudou, porque as pessoas estavam a precisar de sair e reunirem-se num espaço acolhedor e familiar como o Faz de Conta.

Vinda da área da banca onde trabalhou durante 12 anos, Elsa tirou várias formações na área do coaching, em particular sobre as crianças, e como tal, acredita que as barreiras são implementadas pelo próprio ser humano. Nós explicámos: atualmente, uma das formas que os pais arranjam para entreter uma criança é colocar um telemóvel à sua frente, mas para Elsa, se lhes dermos tintas e pincéis para as mãos, eles brincam e ainda conseguem desenvolver outras capacidades. “Tudo é uma questão de estarmos predispostos a criar atividades e incentivá-los a fazer coisas diferentes”, diz-nos. No Faz de Conta, não faltam propostas e ideias para que deixe o telemóvel à entrada e entre num mundo de real conexão entre pais e filhos.

Morada: Largo de São Francisco 32 Pav. 1, 4700-307 Braga

©Nuno Sampaio

O Amor Vive na Cozinha: sem açúcares refinados ou processados e com (o) amor diário

Neste projeto há amor em dose tripla, vindo da Andreia, da Bruna e do Ricardo, os proprietários. Em 2016, estes três amigos conheceram-se no ginásio e aperceberam-se que faltava um espaço em Braga que privilegiasse a alimentação saudável, não dispensando o sabor. Vindos de áreas profissionais como a informática e a biologia, começaram a aventurar-se, pouco a pouco, com a organização de workshops de pastelaria saudável, onde elaboravam um menu que tinha como base uma história de amor de um casal conhecido. Mais tarde, em 2019, encontraram o espaço perfeito para a abertura do café e após algumas remodelações, conseguiram materializar o sonho.

N’O Amor Vive na Cozinha, tudo é feito sem açúcares refinados e processados, desde as tostas, saladas, sopas, granolas, manteigas de frutos secos, panquecas e o amor diário (o prato do almoço que todos os dias varia). Há ainda opções para intolerantes à lactose e ao glúten. Mas o cartão de visita do amor é a sopa. Andreia confessa que há clientes que dizem que é a melhor sopa da cidade.

Este projeto quer contrariar a tendência dos nomes estrangeiros e valorizar a língua portuguesa, trocando os brunchs por pequenos-almoços domingueiros e as bowls por malgas e malguinhas. Para além das opções gastronómicas que provocam água na boca, as paredes deste café não passam despercebidas, por estarem cobertas de portas, de várias cores e diferentes puxadores, alusivas ao filme Alice no País das Maravilhas.

Morada: Praça do Comércio N90, 4700-370 Braga

©Nuno Sampaio

Ape Coffee: da cafetaria ambulante à produção do próprio café

“Queria um crepe de nutella e um cappuccino!”, esta é a frase que ecoa nas paredes do Ape Coffee todos os dias. Também nas paredes, escrito em tinta preta, podemos ler Coffee is always a good idea. Nós concordamos, principalmente quando há potes de nutella envolvidos e um ambiente cosy para estar com amigos. Quando perguntamos ao Diogo Gomes, o proprietário, se tinha noção de quantos crepes ou panquecas faz por dia, a resposta foi um sincero “não faço ideia!”.

No Ape coffee podemos encontrar panquecas e crepes, seja numa versão mais doce para os gulosos, como salgada para quem tiver essa preferência, e para acompanhar, há bebidas quentes de todos os tipos, desde o café americano ao latte macchiato de caramelo.

Diogo pensou, investiu e o sonho nasceu. Licenciado em engenharia civil, o proprietário do Ape Coffee sabia desde cedo que queria ter o seu próprio negócio. Em 2015, começou por criar uma cafetaria ambulante numa piaggio ape, uma mota de três rodas, que vem dar origem ao nome Ape Coffee. Mais tarde, em 2017, abriu o espaço físico no centro de Braga e, em 2019, em Barcelos. A mais recente aposta passa por produzir o seu próprio café de especialidade e também vende-lo a outras empresas. O jovem deixa ainda no ar outras mudanças que ambiciona desenvolver, como a criação de uma esplanada.

Morada: Rua Dom Frei Caetano Brandão 61, 4700-031 Braga

©Nuno Sampaio

Spirito: um espaço jovem, irreverente e irresistível

“Jovem, irreverente e irresistível”. É assim que a responsável da pastelaria, Nádia Freitas, nos define a Spirito e não haveria melhor forma de o fazer. Quando se entra pela primeira vez no espaço, a atmosfera aquece-nos o coração!
É muito provável que já tenha estado na Spirito, se for da cidade de Braga. Mas, caso não conheça o local, apresentamos este sítio perfeito para passar uma tarde fria de inverno.

A Spirito é uma empresa familiar que surgiu para juntar as pessoas através da melhor maneira: pela comida. Sobremesas diferentes, bebidas diferentes e até gelados são as combinações perfeitas, não esquecendo os brownies com acompanhamento de gelado que delicia até o pensamento. Os cupcakes são a sobremesa mais conhecida e, segundo Nádia, um ex-libris da casa. “São um símbolo de que iríamos trazer algo diferente”.
Seja num dia ensolarado para acompanhar a estação ou num dia cinzento para dar cor ao dia, a Spirito promove uma experiência diferente com o acompanhamento sempre on point.

Morada: Largo de São João do Souto 19, 4700-326 Braga

©Nuno Sampaio

The Cheesecake Story: a celebração de seis anos de puro amor

“Vou jantar a casa de alguém, o que levo? Uma caixinha de mini cheesecakes! Vou ter um lanchinho lá em casa, o que eu levo? Mini cheesecakes! Os mini cheesecakes são basicamente perfeitos para cada ocasião”. É assim que Silvana, uma das proprietárias da The Cheesecake Story, nos dá as boas-vindas quando nos recebe.
O primeiro impacto faz-nos questionar o nome e os infindáveis sabores de cheesecake que poderíamos encontrar, 20 para sermos mais precisos. A The Cheesecake Story é um local “pequenino, aconchegante, acolhedor, perfeito para aquele cafezinho depois de almoço ou aquele lanchinho durante um passeio”, salienta Silvana.
Mas não se deixe enganar pelo nome porque a inovação prima na The Cheesecake Story. Por exemplo, o bolo de bolacha tradicional leva queijo, as panacotas levam queijo… e as pavlovas?! Exatamente, queijo. Tudo sem nunca perder aquele saborzinho do “doce de mãe”. Tudo é feito pelas proprietárias inclusive os seus mini cheesecakes, um best seller.

Apesar de o melhor ser provar durante uma visita à loja, as proprietárias afirmam que os sabores podem ser sempre encontrados, sobretudo na aplicação uber eats e em alguns estabelecimentos de restauração espalhados por Braga, Porto, Póvoa de Varzim e Vila do Conde.
O facto é que não há nada como a nossa casa e os docinhos de infância e é isso que o The Cheesecake Story nos providencia. “Nós gostamos realmente muito daquilo que fazemos e para definir este conceito com uma palavra escolheríamos “amor”. É tudo feito com amor”, clarifica Silvana dando-nos o segredo do seu sucesso.

Morada: Rua Dom Diogo de Sousa 20, 4700-422 Braga

©Nuno Sampaio

Nórdico Coffee Shop: o local onde pode saborear café de todos os cantos do mundo

Aberto desde 2018, este café bracarense leva-nos a dar uma volta ao mundo com o serviço de vários tipos de cafés de países como a Espanha, Suécia, Eslováquia e Londres. Ricardo Ferreira e Catarina Silva descobriram o café de especialidade em Londres e nunca mais pararam de explorar. Falamos de um empregado de mesa de um restaurante de sushi e uma designer de moda, respetivamente, que largaram tudo para serem um dos pioneiros a servir café de especialidade no coração da cidade de Braga.

Para acompanhar o café e as outras bebidas quentes, o Nórdico sugere umas panquecas, tostas ou papas de aveia. A tosta nórdica, composta por uma fatia de pão torrada, abacate e um ovo escalfado, assim como a panqueca nórdica, que reúne chocolate, gelados e frutos vermelhos numa massa fofa, são algumas das estrelas do menu deste café.

Para além da cafetaria, os proprietários querem tentar enraizar o café de especialidade em território português e daí nasceu os Cuppings: uma reunião onde as pessoas podem degustar vários tipos de cafés, de forma gratuita. Devido ao impacto do Covid, este projeto encontra-se parado, mas tanto Ricardo como Catarina esperam retomar as sessões.

Morada: Rua do Anjo 90A, 4700-305 Braga

Partilhar Artigo: