Revista Rua

2019-08-12T10:11:38+01:00 Cinema, Cultura, Radar

A Casa do Cinema Manoel de Oliveira é inaugurada a 24 de junho

O legado do cineasta Manoel de Oliveira passa a ter casa em Serralves, no Porto.
Redação21 Junho, 2019
A Casa do Cinema Manoel de Oliveira é inaugurada a 24 de junho
O legado do cineasta Manoel de Oliveira passa a ter casa em Serralves, no Porto.

Quatro anos após a morte de uma das mais influentes personalidades da história do cinema, a Fundação de Serralves inaugura a Casa do Cinema Manoel de Oliveira (CCMO), permitindo a abertura do legado e arquivo do cineasta ao público e à comunidade artística e académica. A obra de Manoel de Oliveira ficará então disponível para o olhar de todos, numa tentativa de continuar a inspirar novas visões, diálogos e conceções sobre o cinema, a arte e a contemporaneidade.

Com direção de António Preto, doutorado na Universidade Paris-Diderot com uma tese sobre a relação entre cinema e literatura na obra de Manoel de Oliveira e um conhecedor profundo da obra e legado do cineasta, esta Casa do Cinema tem assinatura de Álvaro Siza Vieira e responde ao apelo de diálogo e de cruzamento entre as artes.

Além de trazer o cinema para o universo livre da arte contemporânea, a CCMO desenha uma programação cosmopolita que conjuga o firme posicionamento local que o cineasta nunca abandonou com o alcance internacional da sua obra.

Apresentando o guião da vida e obra de Manoel de Oliveira, esta CCMO coloca em destaque fotografias, textos, desenhos preparatórios, adereços, guiões de filmes e também prémios, cartazes, correspondência e toda a biblioteca do cineasta. Esta panóplia assume-se como um instrumento precioso para aprofundar o conhecimento da sua obra e da própria história do cinema, da arte e da cultura em Portugal nos séculos XX e XXI.

Partilhar Artigo: