Revista Rua

2020-06-18T14:48:06+00:00 Opinião

A importância da educação Financeira para os mais pequenos

Finanças Pessoais
Carina Meireles
Carina Meireles
18 Junho, 2020
A importância da educação Financeira para os mais pequenos

A educação financeira deve sem dúvida fazer parte do dia a dia dos mais pequenos, de uma forma muito divertida e original. E porque não através de jogos como o Monopólio? É importante que, com a ajuda dos pais, se tornem adultos mais responsáveis no que diz respeito às decisões financeiras.

E como as crianças aprendem rápido, porque não de uma forma divertida e criativa dar a conhecer conceitos tão importantes como, o dinheiro, a poupança, os juros, etc.? Sim!

Por isso é tão importante que se sintam à vontade com estes conceitos e para isso devemos explicar-lhes que:

1 – O dinheiro não nasce das árvores… muito pelo contrário! O dinheiro surge através do esforço e dedicação, do trabalho dos pais e que todos os meses é uma luta diária. Devem ter noção deste esforço, porque a perceção do valor recebido, pelo trabalho feito é sem dúvida importante.

2 – O dinheiro é um resultado de um trabalho realizado, e deve ser bem gerido e organizado de forma a não se gastar mais do que se tem. Devem criar rotinas para que os vossos pequenos percebam que o dinheiro não pode ser gasto sem limite. Deixe que eles se envolvam na decisão e na criação de meios para concretizar um objetivo. No caso de já terem idade para tal, dê-lhes uma pequena semanada – um valor bem simbólico é mais do que suficiente e explique que não pode gastar todo, porque ele não vai crescer.

3 – As crianças devem ter um mealheiro, onde vão juntando o dinheiro que recebem da família e em ocasiões especiais, como o Natal e os aniversários. Devem perceber a importância desse mesmo mealheiro, para a concretização de objetivos, objetivos esses que deverão ser eles mesmos a criar.

Quando o valor o justificar, pode abrir uma conta poupança no banco e dessa forma esvaziar o mealheiro para voltar a encher. Envolva a criança em todo o processo, pois isto vai ser essencial para poder compreender a importância e valor do dinheiro, bem como, da poupança.

Não deixe de acompanhar estas e outras dicas na Revista Rua e através das redes sociais: Instagram, Facebook ou Linkedin.

Sobre a autora

“Olho para tudo na vida como um desafio, uma oportunidade para fazer algo diferente e para aprender coisas novas.”
Movida pelo conhecimento e a aprendizagem constante, que a levou a concluir o Mestrado em Gestão Comercial, seguido do MBA em Marketing e Direção Comercial. Com quase duas décadas de carreira na banca, é uma profissional com experiência consolidada na área financeira e comercial, com um vasto conhecimento teórico, prático e técnico neste sector, ajudando sempre desta forma quem a procura (particulares e empresas). Leva ainda toda esta experiência e know-how mais longe, partilhando-a em sala de aula enquanto Docente do Ensino Superior. Gosta de pessoas e de trabalhar com equipas. Mais recentemente, teve várias participações televisivas com rubricas financeiras e tem crónicas mensais em jornais e revistas sobre Finanças Pessoais e ainda uma rubrica semanal numa Rádio.

Partilhar Artigo: