Revista Rua

2020-02-21T10:15:24+00:00 Cultura, Fotografia

“Alberto Giacometti – Peter Lindbergh. Capturar o Invisível”: Exposição conjunta estreia no Porto a 1 de abril

©Peter Lindbergh
Redação
Redação19 Fevereiro, 2020
“Alberto Giacometti – Peter Lindbergh. Capturar o Invisível”: Exposição conjunta estreia no Porto a 1 de abril

A exposição “Alberto Giacometti – Peter Lindbergh. Capturar o Invisível”, até agora apenas exposta no Instituto Giacometti em Paris, no ano passado, será apresentada de 1 de abril a 24 de setembro de 2020, no MMIPO – Museu da Misericórdia do Porto.

Um diálogo íntimo entre a obra de Alberto Giacometti, um dos mais aclamados escultores do séc. XX, e a fotografia de Peter Lindbergh, que desvenda uma notória similitude na forma como representam a realidade. Esta iniciativa, inserida no âmbito das comemorações do 5º aniversário do Museu, é também um tributo ao lendário fotógrafo de moda que morreu prematuramente em setembro de 2019 e que esteve totalmente envolvido no processo de trazer a exposição para o Porto.

Fascinado, desde novo, pela obra e personalidade de Giacometti, Lindbergh foi convidado pelo Instituto Giacometti, em Paris, a fotografar a coleção, em 2017. Deste encontro resulta uma coleção de fotografias que estarão lado a lado com as esculturas, criando um diálogo entre os dois artistas, que partilham a procura pela representação da realidade e a contemplação como forma de acesso à verdade.

A exposição acolhe mais de 110 obras, incluindo esculturas em bronze e desenhos de Alberto Giacometti, bem como fotografias de Peter Lindbergh à coleção. Numa sala exclusiva, estarão em exibição alguns dos mais icónicos retratos da carreira do fotógrafo de moda, entre os quais os protagonizados por Naomi Campbell, Uma Thurman e Julianne Moore. No final da exposição, os visitantes são convidados a provar um cálice de vinho do Porto Taylor’s no bar do jardim do museu.

Esta iniciativa resulta de uma nova parceria entre o MMIPO – Museu da Misericórdia do Porto, a marca de vinho do Porto Taylor’s e a Comissária Charlotte Crapts. Recorde-se que as entidades tinham já juntado esforços para trazer a exposição “Pablo Picasso. Suite Vollard”, patente no Palácio das Artes, no Porto, em 2019.

Partilhar Artigo: