Revista Rua

2019-10-04T11:13:49+00:00 Atelier, Histórias, Moda

Ana Moura x Portugal Jewels: joalharia com simbolismo

“Ver a coleção ganhar vida superou totalmente as minhas expectativas. São peças eternas, cheias de simbolismo figurativo", diz Ana Moura.
Maria Inês Neto
Maria Inês Neto4 Outubro, 2019
Ana Moura x Portugal Jewels: joalharia com simbolismo
“Ver a coleção ganhar vida superou totalmente as minhas expectativas. São peças eternas, cheias de simbolismo figurativo", diz Ana Moura.

Num comunicado pessoal e sincero, Ana Moura anuncia uma colaboração surpreendente com a Portugal Jewels, partilhando que: “Desde janeiro deste ano que desenvolvo, em conjunto com a marca de joalharia portuguesa Portugal Jewels, a coleção de joias Ana Moura x Portugal Jewels. Para alguém tão apaixonada por joias quanto eu, foi um privilégio único ter total liberdade para criar as peças com que sempre sonhei. A Portugal Jewels concedeu-me todo o apoio técnico, experiência e conhecimento”.

Depois de meses a fio a escolher pedras, a redefinir modelos, a combinar estilos e tamanhos, as peças estão agora disponíveis e chegam carregadas de histórias. Todas elas são inspiradas em Portugal – não fosse Ana Moura uma das vozes mais reconhecidas no Fado – e também na história da artista. Segundo a fadista, os modelos relembram-na das suas visitas a ourivesarias com a mãe, onde pediam aos joalheiros para personalizar peças consoante os seus gostos.

“A tela da coleção são as joias tradicionais portuguesas – Brinco Rainha, Coração de Viana – em que introduzi manchas de cor contrastantes e elementos orgânicos inesperados. Apaixonei-me pelo verde-esmeralda e pelo vermelho-rubi, cores que simbolizam o meu país, mas também pela cor roxa – uma lembrança do Prince que continua a inspirar-me. Adoro pedras e animais como a cobra, foi incrível poder misturar tudo e terminar com uma coleção muito pessoal”, continua Ana Moura.

A coleção é predominantemente banhada a ouro, preferência da fadista que diz usar muito o dourado nos seus acessórios, mas também veremos peças em prata. Ana Moura partilha ainda que é apaixonada por toda a coleção, mas uma das suas peças favoritas é o Coração Cobra, dado que combina o simbolismo do Coração de Viana com os seus gostos por pedras e a imagem de uma cobra.

“Ver a coleção ganhar vida superou totalmente as minhas expectativas. São peças eternas, cheias de simbolismo figurativo, que me vão acompanhar e inspirar por muitos anos. Espero que gostem delas tanto quanto eu”, termina Ana Moura.

O convite está feito. Descubra a coleção aqui.

Partilhar Artigo: