Revista Rua

2020-01-27T15:53:10+00:00 Atelier

As pedras preciosas são as novas protagonistas das joias Chopard

Partilhar Artigo:
Redação27 Janeiro, 2020
As pedras preciosas são as novas protagonistas das joias Chopard
Partilhar Artigo:

As criações de alta joalharia da Chopard, conhecidas pela sua criatividade e brilho, combinam a perícia e o talento de revelar a beleza de pedras preciosas. Na altura da semana de alta costura em Paris, a marca apresentou os mais recentes tesouros resultantes da constante procura pela perfeição: uma variedade de pedras preciosas, cuja pureza excecional chamou a atenção de Caroline Scheufele – a alma criativa da Maison.

Celebrada pelo seu know-how e inovação, a coleção de alta joalharia da Chopard move-se agora para o campo das pedras preciosas excecionais. Criados há mais de duas décadas, sob o impulso da copresidente e diretora criativa da marca, Caroline Scheufele, os ateliers da Maison tiveram um desenvolvimento impressionante. Esta é a primeira vez que a marca apresenta simultaneamente tantas pedras raras, embora a vida dos ateliers da Maison destaquem vários momentos importantes na história da marca. Este passo decisivo anuncia uma maturidade nas coleções de alta joalharia da Chopard, demonstrando que a marca combina na perfeição a sua perícia com materiais nobres cuidadosamente selecionados.

A diretora criativa da marca, apaixonada por pedras preciosas e profundamente consciente da nossa mãe natureza, criou uma coleção de pedras preciosas provenientes dos quatro cantos do mundo. Esta seleção inclui alguns dos tipos mais raros de famílias de quatro pedras preciosas, destacando a safira 21,04 quilates, o rubi em forma de pera e uma série de esmeraldas colombianas. Por último, destaque também para um colar de diamantes, acompanhado por uns brincos com duas esmeraldas a combinar.

O diamante, que é o rei de todas as pedras preciosas, reina também nesta nova coleção, evidenciado por um par de brincos compostos por quatro diamantes, representando o mais alto grau de clareza e garantindo toda a essência de nitrogénio e de boro na pedra. Existe ainda uma vasta seleção de diamantes coloridos muito procurados.

As pedras preciosas foram cuidadosamente escolhidas pela sua qualidade e fascínio, como a opaca preta de 26,44 quilates (com reflexos azuis e verdes) e uma turmalina Paraíba de 34,63 quilates, cuja tonalidade turquesa natural garantirá o brilho certo num colar deslumbrante.

Para homenagear as dádivas da natureza, os ateliers da marca usaram a sua vasta experiência na criação de joias com um design puro que permite destacar a beleza intrínseca de cada pedra. Caroline Scheufele considera que esta coleção representa a verdadeira vocação de qualquer joalheiro: revelar o brilho natural das gemas. A maioria destas pedras é colocada em anéis ou em brincos para destacar o caráter intemporal de joias destinadas a ser eternas.

Partilhar Artigo: