Revista Rua

2021-01-04T14:29:21+00:00 Negócios

Banema: O prestigioso design sustentável chegou a Lisboa

Na Banema Studio, a excelência do design é apresentada num ambiente contemporâneo, sofisticado e ao mesmo tempo acolhedor.
Redação
Redação22 Dezembro, 2020
Banema: O prestigioso design sustentável chegou a Lisboa
Na Banema Studio, a excelência do design é apresentada num ambiente contemporâneo, sofisticado e ao mesmo tempo acolhedor.

Por Sofia Rodrigues

Foi na capital portuguesa, mais especificamente no conceituado bairro das artes, em Campo de Ourique, que a Banema, uma das empresas portuguesas mais importantes no setor das madeiras e derivados, decidiu abrir a sua primeira concept store em Lisboa.  A Banema Studio e o Banema Lab, um laboratório de ideias que privilegia a génese da marca fundada em 1964, dois universos aparentemente opostos, unem-se agora num espaço harmonioso.

O projeto de interiores, da autoria do arquiteto Pedro Campos Costa, rompe com as expectativas e junta, de forma simbiótica, dois conceitos à partida antagónicos.

A loja, constituída por um só piso, é percorrida através de duas grandes estruturas que formam, elas próprias, o espaço. Se, pelo lado direito, o Banema Lab é percecionado de forma linear e objetiva, a Banema Studio, oposta ao primeiro, é percorrida de forma sinuosa, com momentos para pausa e contemplação das peças expostas, desde a entrada até ao final da loja.

Um extenso e versátil móvel azul de painéis decorativos de superfície melamínica e pedra acrílica verdes, que acima de tudo delimita e cria espaços de passagem ou de permanência, destaca-se mal se entra na loja. A estrutura cria espaços de exposição separados por marcas e temáticas.

A conjugação perfeita entre o Banema Lab e a Banema Studio

É no fundo da loja, na zona mais ampla, que coabitam o Lab e o Studio. Aqui privilegiam-se exposições e também é um espaço dedicado a formações e conferências.

Enquanto o Studio é um espaço para estar e descobrir objetos especiais, com um extenso leque de peças de várias marcas ao seu dispor, todas com uma linha sustentável – uma vez que a sustentabilidade é um dos pilares desde os tempos em que ninguém falava nessa afamada palavra -, o  Lab,  para  além  da  vertente  comercial,  a  formação,  seminários  e conferências serão um veículo para informar arquitetos, decoradores de  interiores,  estudantes  e  outros  clientes  profissionais  e  particulares acerca  de  produtos  e  materiais  aplicados  nas  áreas  da  decoração  de  interiores, construção e reabilitação.

Na Banema Studio, a excelência do design é apresentada num ambiente contemporâneo, sofisticado e ao mesmo tempo acolhedor, através de objetos que associam o equilíbrio das formas à nobreza dos materiais. Peças intemporalmente belas, capazes de transformar espaços e produzir sensações singulares.

Igualmente destacável será a oferta cultural da Banema Studio, que, à semelhança do que acontece no Porto, terá uma programação integrada e continuada com curadoria d’ O Apartamento.  Workshops, exposições, concertos, conversas ou até mesmo lojas temporárias em parceria com outras marcas e projetos, serão parte integrante da nova agenda deste espaço. No passado dia 2 de dezembro, por exemplo, foi inaugurada uma pop-up store com a editora alemã Gestalten.

Criado no Porto em 2016 – e em 2020 em Lisboa -, o conceito Banema Lab surge como forma, não só de dar resposta a necessidades muito específicas de arquitetos e designers de interiores, como também de aproximação ao cliente final. Um laboratório criativo, onde a inspiração e a imaginação caminham lado a lado.

Fotografia ©Francisco Nogueira

A loja conta ainda com uma zona de self-care que oferece objetos como velas da Earl of East, cremes da Haecles, os óleos da Maison Louis Marie e até mesmo os incensos da Hibi e da Apotheke Fragance.

A concept store foi criada de forma a acolher todos os clientes, desde designers e arquitetos, a clientes que procuram embelezar a casa. Como tal, conta com a presença de peças decorativas como as jarras da Foekje Fleur, tapeçarias da Slowdown Studio, livros da editora alemã Gestalten ou pedaços de madeira expostos de forma tão cuidadosa que se podem admirar como se fossem verdadeiras obras de arte.

Apesar de a loja servir de montra a uma mescla de marcas e conceitos, dado o espaço abundante, não interfere em nada com a organização que apela a uma visita vagarosa. O melhor de tudo é que a Banema gosta de mudanças e a cada quinze dias é dado destaque a uma marca em específico e é apenas essa marca que vigora nesse período de tempo.

A Banema nasceu em 1986 e resultou da visão do senhor Mário Moreira das Neves que iniciou a sua atividade empresarial na área da comercialização de produtos derivados de madeira no ano de 1964.

Partilhar Artigo: