Revista Rua

2021-05-31T14:45:36+01:00 Gastronomia, Sabores

Barão do Hospital, a nova marca vínica de vinhos verdes da Falua

A Falua, na Quinta do Hospital em Monção, acaba de anunciar o lançamento dos novos vinhos verdes, com assinatura da enóloga Antonina Barbosa.
©D.R.
Redação31 Maio, 2021
Barão do Hospital, a nova marca vínica de vinhos verdes da Falua
A Falua, na Quinta do Hospital em Monção, acaba de anunciar o lançamento dos novos vinhos verdes, com assinatura da enóloga Antonina Barbosa.

Barão do Hospital, a nova marca da região dos Vinhos Verdes, recupera a história e as origens da portugalidade. A Falua, na Quinta do Hospital em Monção, acaba de anunciar o lançamento dos novos vinhos verdes, com assinatura da enóloga Antonina Barbosa.

Numa área total de 25 hectares, dos quais dez são dedicados em exclusivo à casta Alvarinhos, a propriedade dá origem a colheitas que definem a sub-região de Monção e Melgaço, na expressão mais autêntica do seu terroir. Em pleno berço da casta, o novo Barão do Hospital Alvarinho 2020 é um embaixador dos solos graníticos que se expressa na irreverente mineralidade, em profunda harmonia com nuances florais, aromas de fruta branca e alguns citrinos. A referência vínica revela-se simultaneamente elegante, intensa e de grande complexidade, num vinho estruturado e com uma acidez viva e bem integrada. Com um final longo e forte, é notável uma frescura e mineralidade que celebram uma das mais icónicas castas da região. O vinho harmoniza na perfeição com pratos de peixe e mariscos, carnes de aves e alguns queijos e enchidos.

De elevada intensidade e uma cor cítrica, o novo Barão do Hospital Loureiro 2020 expressa notais florais variadas que se fundem com aromas a citrinos, nos quais predominam o limão e a lima. Com um longo e intenso final de boca, o vinho afirma uma frescura marcante e uma mineralidade que celebra uma das mais icónicas castas da região. Harmoniza perfeitamente com pratos de peixe, cozinha vegetariana, massas e saladas, ainda que possa ser apreciado sem qualquer acompanhamento gastronómico.

“A Quinta do Hospital cumpre a estratégia de expansão da Falua a outras Regiões Demarcadas, ao mesmo tempo que sublinha a escolha da sub-Região de Monção e Melgaço pela identidade e autenticidade que pretendemos para a operação de viticultura e produção de vinhos do Grupo. Estamos num território que se destaca pela produção de vinhos brancos de excelência e que reúne características distintivas dentro e fora da Região dos Vinhos Verdes, para além de termos o privilégio de preservar e promover a história deste local, que faz parte da História da nacionalidade portuguesa”, afirma a administração da Falua, acrescentando: “Com a marca Barão do Hospital queremos fazer crescer o negócio de vinhos em Portugal, alicerçado em prestígio e maior valorização”.

Partilhar Artigo: