Revista Rua

2019-04-24T11:53:49+00:00 Ao Volante, Atelier, Radar

BMW Série 3 – Conduzir tecnologia

©BMW Group
Redação
Redação24 Abril, 2019
BMW Série 3 – Conduzir tecnologia

O modelo original do Série 3 foi lançado em 1975 e, desde aí, foram vendidos 15 milhões de unidades. Em março deste ano a BMW lançou a sétima geração deste bem-sucedido modelo. Para continuar o sucesso a BMW apetrechou-o com mais tecnologia, reduziu-lhe o peso e aumentou o tamanho.

No exterior não se destacam grandes alterações em relação ao seu antecessor e é no exterior que notam diferenças mais significativas. Desde logo a nível de tablier: o habitáculo está orientado em torno do condutor, com o ecrã central a posicionar-se ligeiramente mais abaixo, acima de uma zona com duas saídas de ar e com os comandos do sistema de climatização e de uma zona mais ligeira que serve para arrumar os comandos do sistema sonoro.

Destaca-se ainda o sistema iDrive giratório e o painel de instrumentos digital que pode ser totalmente configurável ao gosto de cada um, isto já para não falar da tecnologia e assistentes disponíveis, onde se destaca o sistema de condução no trânsito, que permite circular sem as mãos no volante até velocidades de 60 km/h.

As especificações de conforto interior aumentam também, como o novo volante ou o agora travão (de mão) elétrico, as luzes interiores LED, ou o sistema de seis colunas de som.

Os preços do novo BMW Série 3 arrancam nos 45.200 euros para o 318d com bloco 2.0 e 150cv de potência. Já o 320d de 190cv tem um preço que começa nos 50.000 euros, enquanto o preço do 330d, equipado com o mesmo bloco de 2 litros, mas com 265cv, começa nos 67.000 euros.

No que respeita a motores a gasolina vai estar disponível o 330i com motor 2.0 de 258cv de potência, com um preço que arranca nos 54.500 euros.

A versão híbrida I Performance deste Série 3 chegará este Verão ao mercado e terá uma autonomia elétrica a rondar os 60 quilómetros, com a BMW a reivindicar um consumo de 1,7 litros/100 km.

Partilhar Artigo: