Revista Rua

2021-09-07T10:37:05+01:00 Atelier, Bazar

Bordallo Pinheiro lança nova coleção de peças icónicas

A linha é composta por peças de mesa, de servir e decorativas.
©D.R.
Redação7 Setembro, 2021
Bordallo Pinheiro lança nova coleção de peças icónicas
A linha é composta por peças de mesa, de servir e decorativas.

A Bordallo Pinheiro anuncia o lançamento de uma coleção em homenagem ao jornal A Paródia, a última publicação criada por Raphael Bordallo Pinheiro. A nova gama apresenta uma versão contemporânea de alguma das suas criações mais icónicas – andorinhas, couves, gatos, morangos, dos tomates e motivos florais – cruzando-as com a obra gráfica presente nos jornais do mestre e nas muitas publicações que ilustrou.

Com base na visão singular do caricaturista Raphael Bordallo Pinheiro, que satirizou a vida pública, as suas ilustrações inspiraram a criação desta nova linha de peças. Os fundos, bem como os desenhos de Bordallo, estão cheios de elementos gráficos inusitados e baixos-relevos que são realçados pelos efeitos tradicionais vidrados da marca criada em 1884.

A linha é composta por peças de mesa, de servir e decorativas, apresentando cinco cores: branco “antique”, cinza fato, azul foz, coral e verde citrinos. As tonalidades permitem uma enorme versatilidade de combinações. Segundo o administrador da marca, Nuno Barra: “Ao lançarmos Paródia estamos não só a lembrar o último dos três jornais que criou no início do século 20, como lhe adicionamos traços dessa vertente humorística às icónicas peças de cerâmica que também são de sua autoria. No fundo, fundimos duas das facetas de Raphael Bordallo Pinheiro em peças de rara beleza artística e que estou convicto que vão agradar aos admiradores da marca que se renova e reinventa todos os dias, mas sem perder a matriz e o ADN do seu criador. É com esta simbiose que a Bordallo tem vindo a ganhar notoriedade de forma crescente no país e no estrangeiro”.

A coleção encontra-se à venda na rede de lojas da Bordallo Pinheiro, assim como na loja online e lojas Vista Alegre.

Partilhar Artigo: