Revista Rua

2020-12-04T14:37:15+00:00 Histórias

Braga tem sempre a porta aberta para o Natal… Descubra os locais mais tradicionais para fazer as suas compras!

Estes locais são icónicos na cidade de Braga.
Mercado de São João | Fotografia ©Nuno Sampaio
Redação
Redação4 Dezembro, 2020
Braga tem sempre a porta aberta para o Natal… Descubra os locais mais tradicionais para fazer as suas compras!
Estes locais são icónicos na cidade de Braga.

Por Sara Araújo

Braga é uma das cidades mais antigas de Portugal. Por isso mesmo, há algum comércio de rua que vai sobrevivendo década após década. São lojas que guardam produtos com muita tradição e sobretudo pessoas com alma enraizada em Braga, capazes de nos contar os detalhes mais curiosos sobre a história da cidade. O ato de compra difere de outros espaços por ser mais personalizado e pela grandiosidade de estarmos a ajudar o comércio mais pequeno. Com as festividades à porta, a RUA convida-o a descobrir alguns destes espaços localizados no coração de Braga e quem sabe pode vir a brindar alguém este Natal com um presente de um estabelecimento local.

Casa das Bananas

Se quisermos ser rigorosos, o nome original deste espaço é “Casa das Bananas”, mas a maior parte dos bracarenses reconhece-o como “Bananeiro” devido a uma tradição que vai somando apoiantes, ano após ano. A ideia do bananeiro consiste em beber um cálice de moscatel de Setúbal e comer uma banana no dia da Ceia de Natal. Uma combinação improvável, mas que já faz parte da tradição de Braga há mais de três décadas. É um momento que se submete ao propósito do Natal: celebrar a união e partilhar experiências com aqueles que mais gostamos! Apesar de ser conhecida pela celebração desta tradição, a Casa das Bananas reúne vários vinhos e licores que podem ser propostas surpreendentes para presentes ou simplesmente para encher a sua mesa de Natal. Entre algumas das sugestões, destacamos o vinho do Porto e a Ginja de chocolate.

Informações
Morada: Rua do Souto, 26, 4835-298, Braga
Contacto: 253 262 681
Horário: Segunda a sexta, das 9h00 às 19h30. Sábado e domingo, das 9h00 às 13h00, face às novas medidas.

Mercado de São João

Quase que podíamos dizer que é mais velha que a Sé de Braga, tal é longínqua a data de fundação desta mercearia. A sua abertura foi em 1894 e até aos dias de hoje este é um espaço conhecido por ter o melhor bacalhau da cidade e produtos que carregam alma. O senhor Manuel, gerente da mercearia, assegura um atendimento cuidado e a escolha certa do bacalhau para um jantar de Natal delicioso. Embora o bacalhau seja a especialidade da casa, há outros produtos disponíveis nas centenárias prateleiras, como as finas conservas, os licores, a aguardente e a ginja. Nos dias próximos do Natal, os bracarenses param para ver uma tradição desta mercearia: uma árvore de Natal de bacalhaus.

Informações
Morada: Rua de São João, 5-9, 4700-325, Braga
Contacto:  253 278 860
Horário: Segunda a sexta, das 9h00 às 13h00 e das 14h30 às 19h00. Ao sábado, abre das 9h00 às 13h00 e ao domingo está encerrado.

Queijaria Central

 Há 60 anos a colecionar memórias e a proporcionar momentos felizes aos bracarenses, a Queijaria Central é um espaço onde são privilegiados os produtos artesanais. Como o nome já o denuncia, o queijo da Serra da Estrela é o principal produto deste local, mas há também frutos secos, chocolates, compotas, bolos de pastelaria e os tradicionais doces de Natal. Localizada numa das ruas mais movimentadas da cidade, só a montra da Queijaria Central convida logo a uma entrada por estar recheada de produtos. O interior também tem o seu encanto graças a uma decoração mais antiga que faz deste espaço um lugar com (ainda) mais alma. Ainda hoje este é um local de encontro de muitos bracarenses e o local ideal para garantir uma mesa farta na noite de Consoada.

Informações
Morada: Avenida Central, 38, 4710-229, Braga
Telemóvel: 253 263 558
Horário: Segunda a sexta, das 8h00 às 20h00. Ao sábado e ao domingo, abre das 8h00 às 13h00.

 

Livraria Minho

A livraria Minho é um pequeno paraíso em Braga para quem aprecia ler em papel. Há um pouco de tudo para agradar ao maior número de pessoas, desde livros infantis, livros mais técnicos, livros escolares e as tendências de mercado. A livraria tem ainda duas secções especiais, uma delas cheia de obras antigas e raras e a outra com exemplares sobre a cidade de Braga. Este espaço com 35 anos de existência é um sonho realizado do Sr. Ferreira, o fundador que ambicionava desde jovem ter a sua própria livraria.

Com o Natal à porta, fica a sugestão de contrariar as tendências e regressar ao tradicional modo de leitura.

Informações
Morada: Largo da Senhora-a-Branca, 66, 4710-443, Braga
Contacto: 253 271 152
Horário: Segunda a sexta, das 9h00 às 12h30 e das 14h30 às 19h00. Ao sábado, abre das 9h00 até às 12h30 e ao domingo está encerrado.

 

Torrefação Bracarense

É a mercearia mais antiga da cidade, já existente desde 1930. Na sua fundação, a Torrefação fazia a mistura de cafés, conforme o gosto de cada cliente e com tipos de cafés vindos de várias partes do mundo. Diz-se que sempre que a Torrefação fazia café, o cheiro deste perfumava a cidade, não deixando ninguém indiferente. Anos mais tarde, com o objetivo de chegar a um maior público, o negócio estendeu-se ao comércio de bens alimentares. Nos dias de hoje, as máquinas de mistura e moagem do café e cevada continuam a funcionar. Para quem quer conhecer mais sobre o processo de moagem do café ou simplesmente visitar um dos espaços mais emblemáticos da cidade, este é um local de paragem obrigatória.

Informações
Morada: Rua do Castelo, 4700-314, Braga
Contacto: 253 682 173
Horário: Segunda a sexta, das 9h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h00. Ao sábado, abre das 9h00 até às 13h00 e ao domingo está encerrado.

 

Doçaria de São Vicente

Fundada em 1829, este é um espaço irresistível para os mais gulosos. Distingue-se de outras casas pela extensa oferta de doçaria conventual e tradicional, desde fidalguinhos, pão-de-ló, bolos-reis tradicionais e novas adaptações, tíbias, sameirinhos, sidónios, entre outras propostas de fazer crescer água na boca. Apesar de a sua fundação ser longínqua, nos dias de hoje, esta centenária Doçaria exibe uma decoração moderna. Na época festiva que se aproxima, a magia do natal invade o espaço e muitos são os bracarenses que não dispensam os doces deste local.

Informações
Morada: Rua do Conselheiro Januário, 151, 4700-373, Braga
Contacto: 253 068 387
Horário: Segunda a domingo, das 8h00 às 19h30.

Ourivesaria Oliveira

As joias são, por excelência, um dos presentes mais requintados para oferecer no Natal. É um tiro certeiro, principalmente quando não fazemos ideia do que haveremos de dar. Em Braga, encontramos uma das ourivesarias mais antigas da cidade: a Ourivesaria Oliveira. Este espaço existe desde 1922 e a sua principal missão passa por oferecer um serviço de qualidade, garantindo a assistência pós-venda. Há ainda disponível um serviço de reparação de joias, artigos de ouro e relógios.

Informações
Morada: Rua da Misericórdia, 4700-319, Braga
Contacto: 253 263 369
Horário: Segunda a sexta, das 9h00 às 19h00. Ao sábado, abre das 9h00 até às 12h30 e ao domingo está encerrado.

 

Partilhar Artigo:
Fechar