Revista Rua

2024-05-08T19:28:25+01:00 Cultura, Outras Artes, Radar

Braga vai receber obra da artista Joana Vasconcelos até 2025

A peça l'Il Be Your Mirror #1, 2018, de Joana Vasconcelos, faz parte da coleção Sonae Sierra e é cedida ao Município de Braga de modo a promover a interação cultural e turística na zona envolvente à Mesa na Praça e ao Mercado Municipal.
Peça I'll be your mirror, da autoria de Joana Vasconcelos ©Atelier Joana Vasconcelos
Redação8 Maio, 2024
Braga vai receber obra da artista Joana Vasconcelos até 2025
A peça l'Il Be Your Mirror #1, 2018, de Joana Vasconcelos, faz parte da coleção Sonae Sierra e é cedida ao Município de Braga de modo a promover a interação cultural e turística na zona envolvente à Mesa na Praça e ao Mercado Municipal.

Amanhã, a partir das 11h30, na Praça do Comércio, junto à Mesa na Praça e ao Mercado Municipal de Braga, a escultura l’Il Be Your Mirror #1, 2018, da artista Joana Vasconcelos vai ser inaugurada. A obra de arte, que faz parte da coleção Sonae Sierra, foi cedida ao Município de Braga até dezembro de 2025, de modo a promover a interação cultural e turística numa zona da cidade que pretende tornar-se “uma nova centralidade”.

A inserção desta obra de arte da autoria da artista portuguesa na Praça do Comércio corresponde ao objetivo central de garantir novas dinâmicas de revitalização do próprio Mercado Municipal de Braga, promovendo maior ligação à comunidade e garantindo mais experiências culturais, gastronómicas e turísticas.

A escultura l’Il Be Your Mirror #1, 2018 ficará disponível para visualização pública, com acesso gratuito. Ao longo do período de permanência da peça na Praça do Comércio serão organizadas diversas atividades que permitirão conhecer o processo criativo de Joana Vasconcelos.

Recorde-se que a Sonae Sierra, em sociedade com o bracarense Grupo Érre, é responsável pela ala de alimentação do Mercado Municipal de Braga, a Mesa na Praça. Com um calendário cultural que acompanha as propostas gastronómicas do espaço, a Mesa na Praça pretende assumir-se como um dos locais de visita obrigatória em Braga.

Partilhar Artigo: