Revista Rua

2021-06-02T11:57:30+01:00 Descobrir, Viagens

Bragança apresenta campanha turística que convida a (re)descobrir a liberdade

A campanha “Bragança. Naturalmente!” está focada em apresentar, sobretudo às famílias portuguesas, o território transmontano.
Redação2 Junho, 2021
Bragança apresenta campanha turística que convida a (re)descobrir a liberdade
A campanha “Bragança. Naturalmente!” está focada em apresentar, sobretudo às famílias portuguesas, o território transmontano.

Dando continuidade à estratégia turística iniciada no ano passado, o Município de Bragança volta a apresenta Bragança. Naturalmente!, uma campanha que visa posicionar o território brigantino como um destino natural, seguro e autêntico, perfeito para receber as famílias portugueses no verão de 2021.

“O verão de 2020 conseguiu ser menos negro para o turismo no concelho de Bragança na sequência da campanha Bragança. Naturalmente!, que chegou a milhões de portugueses que, em plena pandemia, procuraram e encontraram em Bragança um destino com características únicas, onde puderam desfrutar de liberdade e segurança”, recordou o Presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias, realçando que, em 2021, o “Município de Bragança quer continuar a ser um parceiro dos empresários do setor do turismo”, dando continuidade a uma estratégia de promoção territorial e turística.

No ano passado, o lançamento do vídeo Bragança. Naturalmente!, cujo público-alvo eram os turistas nacionais, foi um verdadeiro sucesso. Após dois meses de lançamento, nas redes sociais, o vídeo chegou a mais de um milhão de pessoas, das quais 27% oriundas da área metropolitana de Lisboa, 21.4% do Porto e 11% de Braga. Números que se refletiram na evolução positiva do setor do turismo no concelho de Bragança, ao longo dos meses de verão. O turismo rural chegou a registar um crescimento assinalável comparativamente ao ano de 2019, após o arranque da campanha Bragança. Naturalmente!, apesar das condicionantes impostas pela pandemia.

No alojamento rural verificaram-se, nos meses de verão, taxas de ocupação próximas dos 100%, o melhor ano de sempre, tendo-se registado um aumento significativo da estada média dos turistas (na sua maioria portugueses oriundos das áreas metropolitanas de Lisboa, do Porto e do Algarve), passando de uma média de uma/duas para cinco noites.

Já na cidade, as unidades hoteleiras, que sofreram quebras nas taxas de ocupação, conseguiram aumentar a estada média dos hóspedes (dos quais cerca de 90 por cento eram portugueses), que passou de uma para três noites, com impacto positivo na atividade económica local.

Para 2021, a estratégia turística do Município é focada no turismo de experiências, seguro e autêntico, mantendo como público-alvo os turistas nacionais, dadas as incertezas na evolução da pandemia.

Partilhar Artigo: