Revista Rua

2019-03-21T15:34:25+00:00 Ao Volante, Atelier

Bugatti “La Voiture Noire” para comemorar os 110 anos da marca

D.R.
Nuno Sampaio
Nuno Sampaio7 Março, 2019
Bugatti “La Voiture Noire” para comemorar os 110 anos da marca

Na passada terça-feira foi apresentado, no Salão Internacional de Automóveis de Genebra, o carro mais caro do mundo. “La Voiture Noire” foi vendido por 11 milhões de euros e já é considerado o carro mais caro de sempre, segundo o jornal Fortune.

Este modelo hyper desportivo é uma homenagem ao Bugatti Type 57 SC Atlantic e serve também para celebrar o 110º aniversário da marca francesa de luxo.

A história do  Type 57 SC Atlantic ainda está envolta em mistério.  Um dos donos de um exemplar desse modelo foi Jean Bugatti, filho do criador italiano Ettore Bugatti. O veículo número 57453 foi apreendido pelas autoridades alemães em 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, e foi enviado para a cidade francesa Bordeaux via comboio. No entanto, quando o comboio chegou ao destino, “La Voiture Noire” não estava a bordo e nunca mais seria vista

No coração do “La Voiture Noire” está o icónico motor de 8.0 litros W16 quadriturbo com 1500 CV de potência e 1600 de binário.

A Bugatti não revelou as performances de que este modelo será capaz de atingir, mas não há dúvidas de que será rápido!

Partilhar Artigo: