Revista Rua

2021-02-17T15:19:00+00:00 Radar

Carmen Miranda é homenageada em Marco de Canaveses

O novo museu dedicado à artista luso-brasileira está a ser construído no coração da cidade. Deverá abrir em junho deste ano.
Carmen Miranda ©D.R.
Redação
Redação17 Fevereiro, 2021
Carmen Miranda é homenageada em Marco de Canaveses
O novo museu dedicado à artista luso-brasileira está a ser construído no coração da cidade. Deverá abrir em junho deste ano.

A Câmara Municipal de Marco de Canaveses decidiu homenagear uma das artistas de maior destaque. O novo museu dedicado à artista luso-brasileira está a ser construído no coração da cidade. Deverá abrir em junho deste ano. O novo espaço vai incorporar o passado e o futuro, tomando partido das novas tecnologias, vídeo, hologramas e videomapping e a vida e história de uma cantora de excelência.

Maria do Carmo da Cunha Miranda, mais conhecida pelo nome artístico Carmen Miranda, nasceu em Marco de Canaveses em 1909 e com apenas dez meses rumou ao Brasil, onde os pais procuravam uma melhor vida. Entre 1928 e 1955, o ano em que acabou por falecer, trabalhou na rádio, em teatro de revista, no cinema e na televisão, como cantora, compositora, atriz e dançarina, numa carreira fulgurante que a levou a conquistar a Broadway e Hollywood. “O que é que a baiana tem?” é um dos seus maiores êxitos e ainda pode ser ouvido em festividades como o carnaval.

O Museu resulta da junção dos edifícios dos antigos Museu Carmen Miranda e Biblioteca Municipal Joaquim Monteiro, aos quais se juntará um terceiro volume, que pretende ligar e ampliar o espaço. Na zona do antigo museu, estará a área de exposição permanente e a loja interativa de turismo.

Na entrada, estará um busto da artista luso-brasileira, assim como réplicas da sua “estrela” no Passeio da Fama da Hollywood Boulevard. Trazer um espólio do Museu Carmen Miranda do Rio de Janeiro para este novo museu em Marco de Canaveses ainda é uma hipótese que está a ser estudada.

Partilhar Artigo: