Revista Rua

2021-10-18T10:50:33+01:00 Sabores, Vinhos

Casa Ferreirinha Quinta da Leda Tinto 2018: a excelência de um vinho contemporâneo

Um vinho de qualidade, resultante de um final de maturação longo e equilibrado.
©D.R.
Redação18 Outubro, 2021
Casa Ferreirinha Quinta da Leda Tinto 2018: a excelência de um vinho contemporâneo
Um vinho de qualidade, resultante de um final de maturação longo e equilibrado.

Por: Diana Ferreira

Dando continuidade a uma história de excelência dos grandes vinhos do Douro, a Casa Ferreirinha lança a colheita de 2018 da Quinta da Leda. Trata-se de um vinho de qualidade, resultante de um final de maturação longo e equilibrado.

Uma das maiores referências mundiais da região, a Casa da Ferreirinha é conhecida por vinhos distintos, de grande complexidade e elegância. Estas são algumas das características que marcam o Casa Ferreirinha Quinta da Leda Tinto 2018. Segundo o enólogo da Casa Ferreirinha, Luís Sottomayor, o vinho tem um “aroma intenso de boa complexidade, notas florais e uma madeira muito bem integrada”. Na boca, apresenta “um excelente volume, acidez viva, taninos de grande qualidade, com um final longo e de excelente harmonia”, como conclui o enólogo.

Apesar de o inverno de 2018 ter sido frio e seco, a primavera foi extremamente chuvosa, o que proporcionou níveis de humidade no solo que permitiram um final de maturação longo, “permitindo produzir um vinho tinto de excelente qualidade e pleno de carácter”, diz Luís Sottomayor. A qualidade das uvas, vindas das melhores parcelas de vinha da propriedade, contribui para a excelência de um vinho contemporâneo, mas com excelente potencial de envelhecimento.

Partilhar Artigo: