Revista Rua

2020-02-24T11:16:00+00:00 Negócios, Radar

“Casa torcida” de Guimarães ganhou prémio mundial de arquitetura

O projeto desenvolvido pelos arquitetos Romeu Ribeiro e José Pedro Marques, do atelier REM’A foi consagrado nos prémios Building Of The Year 2020.
Fotografias ©Ivo Tavares Studio
Redação
Redação21 Fevereiro, 2020
“Casa torcida” de Guimarães ganhou prémio mundial de arquitetura
O projeto desenvolvido pelos arquitetos Romeu Ribeiro e José Pedro Marques, do atelier REM’A foi consagrado nos prémios Building Of The Year 2020.

Chama-se Casa A, mas é carinhosamente apelidada por “casa torcida” graças à forma como o betão e a madeira se fundem numa escala de cinzas. É um projeto do atelier de arquitetura REM’A, com sede em Guimarães, e foi agora distinguido nos reputados prémios internacionais Building Of The Year 2020 na categoria de Melhor Produto Aplicado. A Casa A foi escolhida pela organização – o portal ArchDaily -, num universo de mais de quatro mil projetos a concurso. Foi o projeto mais votado nos cinco finalistas da categoria de Produto Aplicado.

Para conhecer melhor a Casa A, clique aqui.

Com os arquitetos Romeu Ribeiro e José Pedro Marques do atelier REM’A como mestres do projeto, a Casa A está localizada num loteamento na cidade de Guimarães e conta com 450 metros quadrados de área total. O trabalho de engenharia é da empresa Fortunato & Paulo e a construção é das Construções Bairro do Sol, ambas de Fafe.

Para além da Casa A ou “casa torcida”, concluída em 2019, há outro projeto português galardoado no concurso: a Casa Monsaraz, do atelier Aires Mateus, que venceu na categoria Casas.

Partilhar Artigo: