Revista Rua

2024-04-17T23:49:36+01:00 Património

Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, promove a descoberta do património cultural

Neste evento, serão apresentados alguns projetos desenvolvidos recentemente no domínio da atividade turística e do património cultural.
Centro de Interpretação do Românico, em Lousada
Redação17 Abril, 2024
Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, promove a descoberta do património cultural
Neste evento, serão apresentados alguns projetos desenvolvidos recentemente no domínio da atividade turística e do património cultural.

No dia 23 de abril, entre as 16h30 e as 18h30, no Centro de Interpretação do Românico, em Lousada, a Rota do Românico e a empresa VERde NOVO promovem a sessão de partilha Descobrir e comunicar territórios — um desafio criativo.

Neste evento, serão apresentados alguns projetos desenvolvidos recentemente no domínio da atividade turística e do património cultural, com a participação de Alexandra Correia (Instituto Politécnico de Viana do Castelo), Catarina Rocha e Minês Castanheira (Bairro dos Livros), Carlos Rebelo e Pedro Gomes (3Decide), e Luís Pedro Martins (Turismo do Porto e Norte de Portugal).

No evento, serão também apresentados publicamente os vencedores da primeira edição do desafio Travel Book VERde NOVO: Filipe Carvalho (Travel Book) e António Tedim (fotografia).

No final, terá lugar uma prova da cerveja artesanal Fidélis, produzida nesta região.

A Rota do Românico é um projeto turístico-cultural, que reúne 58 monumentos e dois centros de interpretação, distribuídos por 12 municípios: Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende. As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

Partilhar Artigo: