Revista Rua

2021-10-04T11:53:21+01:00 Gastronomia, Sabores

Clandestino, urbano e moderno é a nova aposta do Salpoente

O Clandestino nasce de um serviço que começou apenas em casa dos clientes e que agora se transporta para um espaço físico.
©D.R.
Redação4 Outubro, 2021
Clandestino, urbano e moderno é a nova aposta do Salpoente
O Clandestino nasce de um serviço que começou apenas em casa dos clientes e que agora se transporta para um espaço físico.

O novo projeto do Salpoente chama-se Clandestino e é a nova aposta do grupo em Aveiro. O novo restaurante surge num espaço urbano e moderno com uma carta diferenciadora destinada a um público desenvolto.

O Clandestino tem origem numa “cozinha clandestina” do Salpoente, nascida a meio de uma pandemia que revolucionou completamente a restauração. É um verdadeiro investimento “anticrise” com base no anterior sucesso no delivery do Salpoente durante a pandemia – o Executive Express. O sucesso deste projeto levou os proprietários a pensar num novo conceito para Aveiro. É daqui que nasce o Clandestino, de um serviço que começou apenas em casa dos clientes e que agora se transporta para um espaço físico.

Ainda assim, o Clandestino pretende ser um “restaurante do Futuro, delivery pro”, mantendo a essência do Executive Express. Surge como uma marca diferente, com um “conceito gastronómico mais simples m,as de caráter inovador, procurando uma necessária especialização no serviço delivery/take-away”, como pode ler-se no site do restaurante.

O espaço moderno de decoração aprimorada, como é habitual no Grupo Salpoente, tem uma localização estratégica: junto à Universidade de Aveiro, do Hospital e de vários serviços públicos, bem como do Bairro do Alboi e com uma esplanada junto ao Jardim da Baixa de Santo António. Apresenta ainda uma carta “generalista e diversa” e uma “seleção de produtos de qualidade e frescura, com fornecedores locais e de proximidade”, sob a supervisão do chef Duarte Eira. O chef João Dias será residente do Clandestino, vindo do Salpoente, de onde traz o mesmo profissionalismo e atenção ao detalhe.

©D.R.
Partilhar Artigo: