Revista Rua

2020-12-22T10:54:24+00:00 Bem-Estar

Como reduzir as calorias das sobremesas de Natal?

Aponte as nossas sugestões
U-FIT
U-FIT22 Dezembro, 2020
Como reduzir as calorias das sobremesas de Natal?
Aponte as nossas sugestões

O objetivo não é desvirtuar as receitas ou impedi-lo de se “mimar” com aquele doce de que tanto gosta. Mas acredite que existem pequenos truques, que praticamente não se fazem notar em termos de sabor e que ajudam a que a receita seja um pouco menos calórica.

Trocar os ingredientes calóricas por opções mais saudáveis

Talvez o truque passe por não seguir a receita à risca, podendo alterar ligeiramente as quantidades de alguns ingredientes. Para as gorduras (óleo ou manteiga, por exemplo) ou açúcares, pode adicionar os ingredientes aos poucos e ir provando, para perceber se já tem o paladar e a textura que são necessários. Assim, estaremos certamente a poupar uma boa quantidade destes ingredientes, sem sacrificar o sabor da sobremesa.

Adaptar métodos de confeção das receitas

Trocar os “fritos em óleo” por “fritos no forno”. Rabanadas, sonhos ou outras receitas que geralmente passam pela fritura, poderão ser trocadas facilmente pelo forno. Basta seguir a preparação tradicional e levar ao forno, num tabuleiro revestido com papel vegetal, sem adicionar gordura. Fica tudo igualmente saboroso.

Algumas substituições inteligentes:

1- Trocar o leite gordo ou meio gordo por leite magro.
2- Trocar as natas convencionais por versões light ou por iogurte natural.
3- Em vez de leite condensado convencional, utilizar a versão light ou de leite evaporado.
4- A manteiga e o chocolate convencional também poderão ser trocados por versões light (no caso do chocolate, procure trocar mesmo pelo cacau magro em pó).
5- No caso do açúcar, além de reduzir à quantidade, poderá sempre optar por opções ligeiramente mais saudáveis, como o açúcar amarelo ou até por adoçantes em pó (stevia, por exemplo).

Artigo escrito por Dra. Juliana Guimarães, nutricionista na clínica ADCA e no blog Onde é que tínhamos a cabeça?.

Partilhar Artigo: