Revista Rua

2020-03-05T11:42:35+00:00 Cultura, Música

Compositora norte-americana Kali Malone no gnration em maio

Partilhar Artigo:
©Victoria Loeb
Redação5 Março, 2020
Compositora norte-americana Kali Malone no gnration em maio
Partilhar Artigo:

A jovem compositora Kali Malone está de regresso ao nosso país para dois concertos. Malone atua no gnration, em Braga, a 15 de maio e, no dia seguinte, na Igreja St. George, em Lisboa, em concerto promovido pela Galeria Zé dos Bois.

©Victoria Loeb

Sediada em Estocolmo, para onde foi viver aos 16 anos com o intuito de estudar, a norte-americana é autora do disco do ano de 2019 para a Boomkat. The Sacrificial Code reúne quase duas horas de peças minimalistas tocadas num órgão de tubos. O álbum é resultado de um conjunto de explorações sonoras que a compositora tem vindo a realizar ao longo dos anos, trabalho exploratório esse que compilou no disco Organ Dirges 2016-2017, lançado em 2018. Malone estreou-se nas edições em 2016, primeiro com edições em cassete na editora da qual é cofundadora, a XKatedral. Um ano mais tarde, de novo na sua própria editora, viria a editar aquele que pode ser considerado o seu disco de estreia, Velocity of Sleep, composto por três peças minimalistas, hipnóticas e densas. Em 2018, edita Cast of Mind, disco onde explora a harmonia como força de impacto psicológico, manipulando um sintetizador Buchla 200 em combinação com instrumentos acústicos para sopros e metais.
Nas performances ao vivo, a norte-americana oriunda do Colorado apresenta espetáculos ao órgão ou em live eletrónico, utilizando também neste formato as composições que fez ao órgão, tipologia esta que será o que virá apresentar ao nosso país.
Aos 26 anos e a concluir mestrado em composição eletroacústica na The Royal College of Music, Kali Malone é um dos nomes em ascensão na música eletrónica e eletroacústica, admirada pela crítica especializada e por músicos das mais diversas áreas sonoras.

Partilhar Artigo: