Revista Rua

2021-05-18T14:18:47+01:00 Cultura, Teatro

‘Democracy has been detected’ no Theatro Circo a 21 de maio

Peça de Diogo Freitas e Filipe Gouveia propõe leitura histórica, social e política da sociedade atual e imaginada no futuro.
©Simão Do Vale Africano Pais
Redação18 Maio, 2021
‘Democracy has been detected’ no Theatro Circo a 21 de maio
Peça de Diogo Freitas e Filipe Gouveia propõe leitura histórica, social e política da sociedade atual e imaginada no futuro.

No dia 21 de maio, na sala principal do Theatro Circo, a companhia Momento – Artistas Independentes apresenta Democracy has been detected, uma peça de Diogo Freitas e Filipe Gouveia que revela Vila Cheia, a capital de um país ficcionado, onde não existem leis ou muros que impeçam a entrada.

Com interpretação de Ana Lídia Pereira, Daniel Silva, Diogo Freitas, Gabriela Leão e Joana Martins, Democracy has been detected é uma proposta de leitura histórica, social e política da sociedade atual e da imaginada no futuro, com os olhos e ouvidos no passado. Neste país ficcionado, o sistema de saúde é eficaz, as visitas aos monumentos de ferro e betão são das principais atrações e as ruas são salvaguardadas pelos robots da FIA (Força de Inteligência Artificial). “As únicas desvantagens são o declínio do sistema político cada vez mais corrupto e a comida que poderá ter sabor a ração de cão”, pode ler-se na apresentação da peça.

Ecoando em tempos de inverdade e ineficácia, o espetáculo assume-se como um grito de uma geração, tanto para fora como para dentro de si própria, um apelo à vivência plena da democracia, não a tomando como garantida ou assunto de outros.

Os bilhetes já estão disponíveis em www.theatrocirco.bol.pt, na bilheteira do Theatro Circo e nos locais habituais.

Partilhar Artigo: