Revista Rua

2021-05-28T09:47:52+01:00 Cultura, Teatro

Festivais Gil Vicente apresentam nova programação

A edição deste ano dos Festivais Gil Vicente decorre de 2 a 11 de junho.
©D.R.
Redação20 Maio, 2021
Festivais Gil Vicente apresentam nova programação
A edição deste ano dos Festivais Gil Vicente decorre de 2 a 11 de junho.

Guimarães volta a dar palco ao teatro contemporâneo com os Festivais Gil Vicente com uma programação recheada, de 2 a 11 de junho. A agenda cultural irá ocupar o Centro Cultural Vila Flor (CCVF) e o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG).

Depois de um ano de interrupção devido à pandemia, a edição deste ano promete “dedicar maior protagonismo às novas gerações e à valorização de novas dramaturgias”, segundo o diretor de programação dos Festivais Gil Vicente, Rui Torrinha. A programação decorre de 2 a 11 de junho e traz seis espetáculos, todos às 19h30, que vão passar pelo CCVF e pelo CIAJG. Das várias estreias nesta edição, destacam-se: Cordyceps, de Eduardo Molina, João Pedro Leal e Marco Mendonça; A Fragilidade de estarmos juntos, de Miguel Castro Caldas, António Alvarenga e Sónia Barbosa e Ainda estou aqui, de Tiago Lima.

A vereadora da cultura da Câmara de Guimarães e Presidente d’A Oficina, Adelina Pinto, partilha: “Estes eventos convocam-nos para discussões que são atuais, como a questão das mulheres ou da democracia, assim como a imprevisibilidade do futuro devido a esta pandemia”, acrescentando: “A cultura tem o papel de convocar as pessoas para a reflexão sobre as coisas, através do trabalho com a população e com os nossos jovens. A cultura tem de ser absolutamente transformadora em convocar-nos e ajudar a compreender o mundo. Os Festivais Gil Vicente têm esse objetivo de levar-nos a uma discussão serena, sem dramatismos, à margem da confusão das redes sociais, e com a liberdade de cada pessoa construir o seu pensamento”. Também a presidente da direção do Círculo de Arte e Recreio (CAR), Filipa Pereira, afirma: “O CAR quer ser um parceiro efetivo no terreno sobre a construção do teatro com os jovens e até com a população mais periférica do Concelho”.

A 33ª. edição dos Festivais Gil Vicente é uma organização d’A Oficina, em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães e o CAR. A programação completa encontra-se disponível no site d’A Oficina.

Partilhar Artigo: