Revista Rua

2018-12-20T10:44:41+00:00 Cultura, Fotografia

Fotografar o natal

@Daniel Camacho
Daniel Camacho
Daniel Camacho20 Dezembro, 2018
Fotografar o natal

O Natal é uma época mágica, repleta de histórias e tradições. A fotografia acompanha os tempos e faz-nos sempre recordar todos os momentos, os sorrisos, os abraços e todos aqueles pormenores que pintam a nossa casa e enchem as mesas de doces. Mas o Natal não é só na nossa casa, as cidades transformam-se, as pessoas transmitem uma luz diferente. É uma época fantástica para se explorar a fotografia e sermos criativos.

Uma das ideias propostas é o Bokeh, ou seja, o desfoque de luzes. Basta estarmos próximo de um objeto e termos luzes de fundo (por exemplo, as luzes do pinheiro de Natal). Se focarmos esse objeto automaticamente as luzes de fundo ficarão desfocadas e com o efeito de bolas de luz, a que chamamos Bokeh.

@Daniel Camacho

Outra abordagem será fotografarmos a nossa cidade durante a noite, isto porque teremos as luzes e os efeitos de Natal ligados e poderemos fazer fotografias épicas desta época. Convém usar tripé ou ter a câmara estabilizada em qualquer local, isto porque sendo de noite, temos pouca luz e o tempo de exposição da fotografia poderá ser mais longo. Se a câmara não estiver estabilizada, a nossa fotografia sairá tremida.

Outra sugestão para fazermos, por exemplo com crianças, é a técnica de Light Painting. Basta uma lanterna e 30 segundos de exposição. Durante esse tempo apontamos a lanterna para a nossa câmara e desenhamos. Não convém fazer esta técnica num cenário com muita luz.

@Daniel Camacho

Usar os reflexos das bolas de Natal num pinheiro poderá ser também uma abordagem criativa e diferente de um objeto comum. Fotografar a preparação da comida, a mesa posta, as crianças a brincar, pormenores dos presentes, são tudo ideias que podemos explorar e acima de tudo, divertirmo-nos enquanto fotografamos.

Boas fotos e um feliz natal!

Partilhar Artigo: