Revista Rua

2021-03-18T10:12:31+00:00 Atelier, Moda, Radar

Frederique Constant, a gama emblemática fica agora mais completa

A linha Classics Index Automatic, essencialmente moderna e elegante, sugere cinco novos modelos.
Redação17 Março, 2021
Frederique Constant, a gama emblemática fica agora mais completa
A linha Classics Index Automatic, essencialmente moderna e elegante, sugere cinco novos modelos.

Classics, a coleção mais reconhecida da Frederique Constant, nasce na intenção de garantir um novo fôlego à relojoaria mais clássica, mas permitir uma conexão concreta à própria missão da Frederique Constant.

Sob a premissa de tornar os relógios de luxo acessíveis ao maior número de pessoas, a icónica coleção reafirma o seu charme intemporal com um design mais moderno, forte e contemporâneo. A coleção Classics representa claramente o espírito da marca: linhas suaves e equilibradas, assim como a relojoeira sólida. Recorrendo a modelos femininos e masculinos, a marca desvenda uma panóplia de opções modernas e tradicionais, numa gama que se assume como um pilar essencial da manufatura característica de Genebra.

As caixas são apresentadas tanto numa forma mais redonda como mais retangular, sendo que todas elas partilham alguns pontos em comum: os números romanos, o estilo elegante e os mostradores predominantemente com decoração guilloché, revelam a data, dia, mês, cronógrafo e, ainda, as fases da lua. As edições de 2021 fazem parte de uma linha mais dinâmica e contemporânea, preservando o design intemporal e elegante. Para alcançar este resultado, a marca desenvolveu um trabalho significativo, permitindo que a coleção Classics voltasse a ser o centro das atenções.

Já a linha Classics Index Automatic, essencialmente moderna e elegante, sugere cinco novos modelos, nos quais o denominador comum é claramente identificativo: criações dinâmicas, discretas e modernas. Os mostradores foram substituídos por versões mais lisas em azul mate, branco ou preto, ao passo que os números romanos deram lugar à modernidade dos marcadores de horas aplicadas, biselados e com material luminescente. Os ponteiros deixaram de ser tão finos e passaram a assumir um formato mais ousado, em forma de espada. Considerando o aço um dos materiais mais importantes na relojoaria, este é usado em quatro caixas de 40mm de diâmetro, sendo que a quinta surge banhada a ouro rosa e com ponteiros de aço azulado.

Partilhar Artigo: