Revista Rua

2020-11-30T11:43:31+00:00 Descobrir, Viagens

Guia de Viagem: 15 razões para visitar Barcelos

As atividades imperdíveis numa visita à Terra do Galo.
Redação
Redação18 Novembro, 2020
Guia de Viagem: 15 razões para visitar Barcelos
As atividades imperdíveis numa visita à Terra do Galo.

Por 55secrets

Localizada no coração do Minho, banhada pelo rio Cávado, a cidade de Barcelos é a combinação perfeita de tradição, inovação e natureza.

Barcelos é uma linda cidade medieval com uma forte identidade cultural sendo também uma das localidades mais emblemáticas da arte popular minhota. Berço da famosa lenda do galo de Barcelos, um dos maiores símbolos da cultura portuguesa, esta cidade é também uma das referências do caminho de peregrinação para Santiago de Compostela.

Mas Barcelos é muito mais que isso: são as paisagens naturais encantadoras, a gastronomia tradicional portuguesa típica da região e o legado histórico único que esta cidade tem para oferecer. A região é perfeita para uma escapadela de três dias e possui atividades para todo o tipo de pessoas e famílias, tanto na cidade como na periferia e zonas mais rurais.

Apresentamos de seguida as 15 atividades que fizemos e recomendamos para uma visita de três dias em Barcelos para uma escapadinha de outono.

#1 Explorar a Feira de Barcelos

Nenhuma visita à região do Minho fica completa sem a passagem por uma feira e a Feira de Barcelos é, sem dúvida, a feira das feiras de Portugal.

Numa cidade conhecida como a Capital do Artesanato, a feira semanal é o acontecimento que marca o ritmo da cidade. Todas as quintas feiras realiza-se na maior praça da cidade um enorme mercado ao ar livre que reúne toda a diversidade de artes e ofícios populares, desde a olaria, os bordados, a tecelagem e a cestaria, à talha da madeira. O mercado tem uma secção dedicada a produtos hortícolas, onde produtores locais vendem os seus produtos frescos diretamente das suas hortas e onde se pode encontrar todo o tipo de alimentos, doces e produtos tradicionais e regionais.

Passamos cerca de duas horas a explorar o Mercado semanal e acabamos por fazer algumas compras de artigos locais para levar como recordação.

#2 Oficina de Pintura de Galo de Barcelos

Depois desta visita ao mercado decidimos fazer algo que achamos fundamental numa visita a Barcelos, pintar o nosso próprio Galo.

Encontramo-nos com a artesã local Rosália Abreu na torre Medieval, onde pudemos aprender e praticar esta arte que tanto caracteriza o artesanato local. A workshop durou cerca de uma hora e foi uma excelente forma de aprender sobre a tradição e processo da criação deste icónico símbolo da cidade de Barcelos. A artesã mostrou-nos como são pintados os padrões nos galos de barro e foi bastante divertido poder pintar um galo do princípio ao fim.

#3 Passeio a Cavalo pela Natureza

A cerca de 20 minutos de carro do centro da cidade de Barcelos encontra-se a calma localidade de Areias de Vilar. Foi lá que nos dirigimos para uma aventura a cavalo no Centro Hípico Irmão Pedro Coelho. Fomos recebidos pela Sofia que trabalha no centro e que nos guiou numa aventura a cavalo pelas vinhas da propriedade com a graciosa égua Janete.  A oportunidade de fazer um passeio a cavalo pelo meio da Natureza foi incrível e uma experiência que recomendamos vivamente mesmo para quem nunca andou de cavalo antes.

#4 Visita ao Convento de S. Salvador de Vilar de Frades

Mesmo ao lado do centro hípico, é possível visitar o Convento de São Salvador de Vilar de Frades que conta com mais de mil anos de história e que é atualmente um grandioso exemplar da arquitetura conventual manuelina. A igreja no seu interior é imponente e conta com detalhes arquitetónicos lindíssimos.

#5 Visita ao Paço dos Condes de Barcelos

Com mais de 500 anos de história, este antigo Paço é um dos melhores miradouros da região. Este é sem dúvida o local perfeito para mergulhar na história da lenda do Galo de Barcelos e usufruir das vistas sobre o Cávado. Além das vistas privilegiadas, é aqui que se localiza o Museu Arqueológico de Barcelos. Recomendamos este local para aproveitar o pôr do sol no final de um dia de descobertas.

  • Convento de S. Salvador de Vilar de Frades
  • Convento de S. Salvador de Vilar de Frades
  • Convento de S. Salvador de Vilar de Frades
  • Convento de S. Salvador de Vilar de Frades
  • Paço dos Condes de Barcelos
  • Paço dos Condes de Barcelos

#6 Descobrir o Mundo do Chocolate

Uma das nossas perdições é o Chocolate e ficamos extremamente contentes ao descobrir que uma das mais icónicas marcas de Chocolate nacional tinha a sua fábrica e museu localizado em Barcelos, na localidade de Durrães.

A visita inclui a observação do processo de fabrico do chocolate, seguida de uma viagem pela história do chocolate e da marca, com mais de 100 anos. Foi bastante interessante aprender mais sobre o processo de produção do chocolate e ver a sua evolução ao longo dos anos. No final, tivemos também a oportunidade de acabar com um Workshop sobre as técnicas de temperagem e moldagem do chocolate.

#7 À descoberta dos caminhos de Santiago

Barcelos faz parte da tradicional rota dos caminhos de Santiago, e uma das mais belas e relaxantes partes do percurso passa pelas zonas rurais da região.

Em Balugães, podemos encontrar a ponte das Tábuas, que para além de ser um local com bastante interesse histórico, tem ainda uma pequena praia fluvial perfeita para relaxar e aproveitar os dias solarengos.

Para os amantes de caminhadas e passeios pela natureza, completar uma parte do caminho de Santiago poderá ser uma boa atividade de descoberta da região.

#8 Visita ao Santuário Nossa Senhora Aparecida

A menos de cinco minutos da ponte das tábuas encontra-se o Santuário Nossa Senhora Aparecida que, para além de ser um ponto de referência religioso da região, tem ainda umas excelentes vistas sobre o vale do Neiva e a região envolvente.

Visitamos este local ao final da tarde e foi uma forma calma e relaxante de acabar o nosso segundo dia pelas terras de Barcelos.

#9 Passeio pelo centro histórico de Barcelos

O centro da cidade encontra-se em excelente estado e o seu toque tradicional com carácter medieval levou-nos numa agradável viagem no tempo. Uma das nossas atividades durante a visita foi explorar as ruas encantadas da cidade. Lá, encontramos diversas estátuas pertencentes aos figurados tradicionais que embelezam as ruas de Barcelos.

Os jardins do centro da cidade estão muito bem cuidados e são o local perfeito para relaxar e desfrutar de um dos diversos doces tradicionais da região. O passeio pelo centro acabou com umas compras na mais icónica rua pedonal de Barcelos, a rua Direita.

#10 Uma vista privilegiada sobre a cidade

No coração da cidade é possível visitar de forma gratuita a torre Medieval de Barcelos que tem uma das mais belas vistas sobre a cidade e o rio Cávado. Esta torre é a única restante do conjunto de três torres que existiam na cidade. No interior da mesma é ainda possível observar as regulares exposições de artesanato local a caminho do último andar onde se encontra o Miradouro sobre a cidade.

#11 Uma experiência gastronómica tradicional

Barcelos tem uma gastronomia tradicional rica e de renome que vai do cabrito assado ao arroz de cabidela. Mas da terra do Galo não poderíamos sair sem provar o tradicional Galo assado no Forno. Para provar esta especialidade local fomos até ao restaurante Pedra Furada que já ganhou por várias vezes o concurso anual do melhor Galo assado da região.

Foi a primeira vez que provamos este prato e ficamos rendidos. O galo estava tenro e delicioso e o seu recheio e acompanhamentos foram complemento perfeito para a refeição. O restaurante tem uma decoração bastante tradicional para uma verdadeira experiência regional. Caso queiram, tal como nós, se deliciar com esta maravilha gastronómica saibam que é preciso ligar com pelo menos dois dias de antecedência.

#12 À descoberta do vinho da região

Um dos pilares da região é o vinho verde e a nossa visita à Quinta do Tamariz foi uma excelente forma de aprender e apreciar este e outros produtos regionais. Fomos recebidos pelo proprietário que partilhou connosco a história da propriedade e a evolução da mesma ao longo das décadas, antes de fazermos uma prova de vinhos produzidos na Quinta. A prova de vinhos foi bastante interessante e a simpatia e conhecimento dos donos foi muito agradável. Saímos da Quinta do Tamariz com o sabor a Minho na nossa boca e o aroma das vinhas no nosso coração. Este foi sem dúvida um espaço que gostamos muito de conhecer.

  • Margens do Rio Cávado
  • Margens do Rio Cávado
  • Margens do Rio Cávado
  • Museu de Olaria

#13 Caminhada nas margens do Cávado

As margens do rio Cávado transmitem uma sensação de tranquilidade e serenidade e são perfeitas para os amantes de caminhadas. Ao atravessar a ponte medieval para Barcelinhos, além de ter uma vista soberba sobre o Paço da cidade, pode ainda usufruir dos caminhos pedonais que acompanham o rio ao longo do seu percurso.

#14 Museu de Olaria de Barcelos

Barcelos faz parte da rede de cidades criativas da UNESCO devido ao artesanato e arte popular, e o Museu da Olaria é o local perfeito para aprender mais sobre a evolução destas tradições e costumes que tanto caracterizam a cidade. Os dois andares de exposição são de acesso gratuito e foi uma forma fantástica de descobrirmos as origens desta arte centenária e de apreciar a arte de alguns dos mais conhecidos artistas regionais.

#15 Um almoço com as melhores vistas de Barcelos

A nossa visita a Barcelos acabou com um incrível almoço enquanto contemplávamos o que consideramos serem as melhores vistas de Barcelos. Fomos almoçar ao restaurante Turismo, onde fomos graciosamente recebidos pelo anfitrião do restaurante. Desde a decoração até ao serviço de excelência, passando pelos deliciosos e apelativos pratos que nos foram servidos, sentimos que esta foi a forma perfeita de terminar a nossa visita à cidade do Galo. A incrível qualidade gastronómica fez jus à apresentação requintada de cada prato que nos foram apresentados sob a forma de menu de um modo bastante peculiar.

Este é sem dúvida um local que recomendamos para quem procura uma experiência gastronómica de excelência enquanto desfruta de uma vista fenomenal sobre o rio Cávado.

A nossa visita a Barcelos durou aproximadamente três dias, mas a região tem realmente muito para oferecer. Além de ser uma região com história e uma personalidade única, tem uma cultura e gastronomia inconfundível.

Esperamos que desfrute de Barcelos tanto quanto nós e que as recomendações que aqui partilhámos tornem a sua viagem memorável e inesquecível.

Para conhecer mais roteiros, clique aqui.

Partilhar Artigo: