Revista Rua

2020-10-16T16:31:38+00:00 Atelier, Bazar, Radar

Há uma renovada casa Kinda no Porto

A Kinda Home reabriu a sua loja do Porto depois de uma remodelação total do espaço.
Fotografia ©D.R.
Andreia Filipa Ferreira
Andreia Filipa Ferreira16 Outubro, 2020
Há uma renovada casa Kinda no Porto
A Kinda Home reabriu a sua loja do Porto depois de uma remodelação total do espaço.

Localizada na Estrada da Circunvalação, mesmo ao pé da rotunda AEP, a loja do Porto da Kinda Home mostra-se, a partir deste outubro, com um rosto renovado. Mais intimista, mais organizada e, sobretudo, com um estilo mais próprio, esta loja convida a repensar o lar com soluções únicas e – mais importante de tudo – com cunho português.

Tomando como incentivo a fase de confinamento, a equipa da Kinda Home, que se mostra também renovada com a chegada de Patrícia Bentes à direção criativa, levou a cabo um processo intenso de pesquisa e trabalho para dar novas perspetivas aos clientes que visitem a loja da cidade invicta. Valorizando a insígnia Made In Portugal e colocando em evidência a qualidade de produtos de manufatura nacional, a Kinda Home afirma-se como uma “marca exclusiva não elitista”, tal como nos assegura o também recém-chegado CEO, John Leitão: “Basicamente, queremos trazer ao nosso portefólio o melhor que há no mundo, tendo em consideração que Portugal também tem o melhor que há no mundo. A Kinda Home tenta ser aberta para o mundo, mas com portugalidade. Queremos respeitar o artesão e criar uma simbiose perfeita para sermos capazes de trazer soluções novas ao mercado. Tentamos ser uma marca exclusiva não elitista, ou seja, sabemos que não somos uma marca para uma franquia alta da população, mas somos a marca ideal para um tipo de consumidor: pessoas ativas, jovens, que não descuram a boa decoração”, explica-nos o português nascido em Inglaterra.

Presente em Portugal desde 2018, a Kinda Home é hoje sinónimo de personalidade e estilo próprio, defendendo a ideia de que as casas não têm que ser iguais. “Noutros tempos, as casas tinham personalidade, herdávamos ou colecionávamos objetos, cada casa tinha um carácter e uma história, algo que se perdeu com o consumismo de hoje. A Kinda tenta trazer essa personalidade de volta à casa dos portugueses, pois acreditamos que é essa originalidade que traz felicidade às pessoas”, acrescenta John Leitão, um homem com uma já longa experiência em consultoria, criação e valorização de marcas.

Dando destaque aos seus Ateliers, um serviço único em Portugal que garante que o cliente desenhe o seu “mundo”, permitindo a personalização de cozinhas, roupeiros ou estantes, um processo sempre acompanhado por uma equipa projetista que assegura a coordenação, fabrico e instalação dos produtos, a Kinda Home do Porto coloca em evidência a nova fase da história da marca portuguesa. “Temos vindo a afinar a nossa mensagem e, hoje, temos uma visão muito clara sobre o percurso para os próximos anos. Neste momento, temos loja no Oeiras Shopping, temos esta remodelada loja no Porto e segue-se uma nova loja em Lisboa, que abrirá em dezembro deste ano. No entanto, para ser sincero, prefiro que a Kinda não cresça dramaticamente em lojas em Portugal, mas sim conseguir expandir-se internacionalmente. Acho que Portugal tem espaço para cinco a dez lojas da Kinda, não mais que isso. O próximo passo talvez seja Espanha, França…”, equaciona o CEO.

Com a nova equipa, formada por John Leitão, Patrícia Bentes e Dinis Santos, este último assumindo a direção de operações, a Kinda Home anseia posicionar-se no mercado nacional como algo diferente e único, desenhado e pensado por portugueses para portugueses.

Partilhar Artigo: