Revista Rua

2019-09-03T11:57:02+01:00 Ao Volante, Atelier

Harley-Davidson LiveWire – O ruído já não é o que era

Partilhar Artigo:
©Ben Campbell
Nuno Sampaio27 Agosto, 2019
Harley-Davidson LiveWire – O ruído já não é o que era
Partilhar Artigo:

Já não é nenhuma surpresa, a icónica marca norte-americana aderiu à nova tendência de mobilidade e lançou a nova LiveWire, uma moto elétrica sem emissões de poluentes para a atmosfera e sem ruído.

A Harley-Davidson tinha previsto um investimento operacional até 385 milhões de euros e um investimento de capital de 214 milhões de euros até 2022 para a renovação da sua linha de motos. A LiveWire é sua primeira mota totalmente elétrica

A mais recente criação da marca norte-americana tem um motor de íman permanente com binário instantâneo para reações mais desportivas. Assim que tocamos no acelerador a potência é instantânea atingindo os 100km/h em três segundos.

A LimeWire inclui uma bateria de alta tensão ou RESS (sistema de armazenamento de energia recarregável) que fornece 225 Km de autonomia em cidade ou 142 km de pára-arranca em auto-estrada combinados.

De realçar o novo painel digital (TFT), colorido, que traz recursos de conectividade e pode ser emparelhado com um smatphone via Bluetooth. Na tela podemos ter acesso às funções de chamadas, música e navegação. Este painel tem a assinatura da Panasonic e podemos fazer uma ligação remota a partir da mais recente aplicação da Harley-Davidson.

O modelo elétrico da marca norte-americana chegou ao mercado apenas este ano e estará disponível em três cores, preta, amarela e laranja.

Em Portugal já estão disponíveis pré-encomendas a partir de 34.500€.

Partilhar Artigo: