Revista Rua

2021-12-20T18:02:51+00:00 Descobrir, Viagens

Hotel Caju, o pequeno hotel onde o detalhe conta

Um local de história, central e onde o conforto se associa ao luxo despretensioso a conhecer no Funchal.
Fotografias ©D.R.
Cláudia Paiva Silva20 Dezembro, 2021
Hotel Caju, o pequeno hotel onde o detalhe conta
Um local de história, central e onde o conforto se associa ao luxo despretensioso a conhecer no Funchal.

Imaginemos um espaço antigo, onde grandes salas e soalhos fazem parte do quotidiano, janelas altas e soalheiras, vista para uma das ruas mais movimentadas da cidade, onde entre comércio, cafés e outras fábricas, também havia espaço para encontros e desencontros, corridas de cavalos, desfiles de Carnaval, burguesia e povo unido por trás de máscaras e de alegria, de música. Isto em séculos que já passaram, mas que perduram nas paredes, nas imagens fotográficas, quase sussurrando aos tempos modernos as vidas e histórias de outras épocas.

No Caju Hotel as paredes contam essas histórias. Aproveitando o antigo edifício que já serviu para albergar comércio, que já serviu à indústria do Funchal, e que está localizado na Rua da Carreira (por onde antes passavam as corridas de cavalos), continuando a ser uma das mais movimentadas e antigas da cidade, foi possível criar um espaço moderno, mas acolhedor, distinto, mas pessoal, onde nenhum quarto é idêntico ao anterior, onde todos os detalhes contam, como aliás é costume na visão da designer responsável pelo projeto, Nini Andrade Silva. A preservação dos elementos antigos, como a pedra base que se encontra nas paredes das habitações, são equilibrados com um desenho minimalista, lembrando linhas nipónicas, ao mesmo tempo que apresenta detalhes em cimento queimado, muito ao estilo industrial além de secretárias e cabeceiras em madeira – afinal estamos num contexto onde a natureza impera, mesmo que o Funchal esteja em franco desenvolvimento imobiliário.

Pertencendo ao grupo Divine Hotels, do qual também faz parte o hotel The Vine, localizado a poucas centenas de metros de distância, pode dizer-se que o Caju é o irmão mais novo e também mais descontraído. A verdade é que este “Petit Hotel” apresenta todas as comodidades essenciais a uma estadia de luxo, mas sem que os clientes sintam o peso de estarem a errar no seu código de vestuário, nas suas opções alimentares mais saudáveis (os pequenos-almoços e todas as restantes refeições são confecionadas no já conhecido Prima Caju) ou na sua forma de estar que se pretende relaxada, mas com requinte e classe. Como tal, todos os que pretendam usufruir por exemplo do Spa do hotel The Vine, dos Restaurantes Uva ou do Terra Lounge, poderão fazê-lo a preços especiais.

Um local de história, central e onde o conforto se associa ao luxo despretensioso a conhecer no Funchal.

Partilhar Artigo: