Revista Rua

2019-02-25T10:43:35+00:00 Atelier, Moda

Hysteria, uma linha que não tem nada a esconder

Redação
Redação25 Fevereiro, 2019
Hysteria, uma linha que não tem nada a esconder

Inspirada pelo momento mágico em que os primeiros e os últimos raios de sol deslizam num look cintilante, a coleção de primavera-verão da marca Hysteria é uma festa permanente. Uma linha marcada pelos fios metalizados, texturas brilhantes e uma paleta de cores que combina tons suaves e elétricos. Desde os collants e meias até ao joelho até às mais pequenas, de tornozelo, e às invisíveis liner socks, num estilo mais clássico com um twist até aos padrões mais cintilantes, a Hysteria destaca a sua individualidade.

Para capturar a natureza despreocupada da marca a nova linha apresenta-se com uma variedade de qualidades finas e delicadas, através de fios macios e cintilantes. Destaca-se, também, uma seleção mais ampla de meias nylon, que serão os verdadeiros salvadores de estilo durante toda a estação. A nova coleção inclui o modelo best seller Liza, que é reinterpretado numa versão mais curta para uma estação onde reinam as sapatilhas. A Liza junta-se Viktoria, uma homenagem da marca à Happy Socks, num modelo com pontos texturizados e punhos brilhantes. Finalmente chega Helen, o mais recente modelo desportivo com uma malha marcada por cores e um robusto calção de streetwear inspirado.

A paleta de cores equilibra-se entre tons mais suaves, como o lavanda, o verde menta e o rosa claro, com cores elétricas, entre elas o magenta, azul violeta e azul ciano. Na Hysteria criam-se padrões para depois serem quebrados, combina-se a estética vintage, insinuando o futuro para moldar o visual de amanhã. A coleção apresenta tecidos de alta qualidade e uma grande variedade de ajustes, comprimentos e padrões.

Partilhar Artigo:
Fechar