Revista Rua

2019-03-09T15:05:31+00:00 Cultura, Música, Radar

Marinho, a cantora lisboeta já tem disco de estreia

O primeiro single chama-se “Ghost Notes” e foi lançado no Dia Internacional da Mulher.
Fotografia ©Marta Oliveira
Redação
Redação9 Março, 2019
Marinho, a cantora lisboeta já tem disco de estreia
O primeiro single chama-se “Ghost Notes” e foi lançado no Dia Internacional da Mulher.

A artista portuguesa Marinho apresentou ontem o seu primeiro single. Chama-se “Ghost Notes” e faz parte do disco de estreia ~ (ler-se “til”), uma “produção ascendente, emocionalmente intensa, que procura fazer as pazes com apegos amorosos por dissolver”.

Este primeiro single, com a simplicidades das raízes da música folk norte-americana, convoca “emoções indefinidas, transformações comprometidas e romances contorcidos indistinguíveis da realidade pessoal da própria autora”, como podemos ler na apresentação do trabalho.

Fotografia ©Marta Oliveira

Lançando a canção no Dia Internacional da Mulher, Marinho explica que este álbum tem um lado de inspiração feminina. “A escrita desta canção e deste álbum coincidiu com um crescente lado feminista. Senti-me inspirada por muitas mulheres que pegam na guitarra para compor. Essa representatividade é-me muito importante e teve um papel essencial na minha vontade de fazer música, por isso lançar a “Ghost Notes” no Dia da Mulher resultou numa coincidência cósmica que me fez muito sentido”.

Gravado no Black Sheep Studios e masterizado por Philip Shaw Bova (Marlon Williams, Feist, Andy Shauf), o álbum tem lançamento previsto para o outono e conta com a participação de Monday, Diogo Sousa, Carlos ‘BB’ António, Francisco Dias Pereira e Guilherme Marinho.

O tema já está disponível em todas as plataformas de streaming e faz-se acompanhar por um vídeo realizado por Leonor Bettencourt Loureiro.

Partilhar Artigo: