Revista Rua

2019-02-28T10:56:20+00:00 Atelier, Moda

Massimo Dutti leva-nos a viajar pela savana nesta primavera

A nova coleção primavera-verão da Massimo Dutti chama-se “By Numbers” e leva-nos a viajar até às paisagens áridas da savana e do deserto em tons terracota e pastéis.
Cláudia Paiva Silva
Cláudia Paiva Silva28 Fevereiro, 2019
Massimo Dutti leva-nos a viajar pela savana nesta primavera
A nova coleção primavera-verão da Massimo Dutti chama-se “By Numbers” e leva-nos a viajar até às paisagens áridas da savana e do deserto em tons terracota e pastéis.

É pelo olhar e lente de Lachlan Bailey, o famoso fotógrafo australiano residente na mega-movimentada Nova Iorque, que a coleção da nova temporada da Massimo Dutti ganha vida.

Num cenário natural único e de cortar a respiração, são apresentados os novos modelos femininos e masculinos, em linhas leves, estivais, em cores que nos chamam de volta à terra, às tradições, mas também evocando um novo olhar sobre moda e estilo.

Na tendência que a Massimo Dutti tem vindo a apresentar, na coleção women, novamente somos surpreendidos pela sustentabilidade, num profundo respeito pelos materiais utilizados, assim como pelo conjunto de peças e acessórios que, tal como a própria marca explica “evocam o despojamento total de artifícios”. É, pois, uma coleção marcada pelos vestidos longos, saias plissadas, camisas de ganga e algodão, com a elegância de sempre, mas marcada pela simplicidade que os dias de verão anseiam e pedem, relembrando igualmente um espírito aventureiro.

Na coleção men, os tons terracota ganham destaque, mesclando o estilo urbano com o mais tradicional, nunca deixando de ser contemporâneo. Casacos, camisas e calças em tons verde, ocre e castanhos, usando o linho e algodão, lembram os safaris por terras desconhecidas, quentes, em paletes de cor intensa.

Os acessórios são um must-have, fundindo o couro de qualidade incrível com pequenos apontamentos em rafia, chamando claramente por fins de tarde intermináveis, tudo elaborado dentro das políticas e valores de excelência com que a marca se pretende destacar entre as demais.

Para ter em conta…

Após o sucesso da abertura da flagship store em Matosinhos em maio de 2018, a Massimo Dutti inaugurou a sua nova loja na Avenida da Liberdade, em Lisboa, em novembro do ano passado.

Reabilitando um dos palacetes do século XIX há muito abandonado numa das artérias principais da capital, o grupo Inditex apostou em grande estilo e tecnologia na capital portuguesa.

Mantendo a arquitetura original, o edifício de três pisos conta com várias salas onde, em cada uma, cada estilo sobressai em relação aos outros, quase contando uma história distinta, permitindo assim aos clientes respiraram com calma, ao contrário do que ocorre noutros espaços, podendo com tempo ver e escolher o que melhor se adapta à sua personalidade.

Das caraterísticas particulares desta loja, destaca-se o personal tailoring, no piso de homem, onde os fatos e camisas feitos à medida têm mão de obra exclusivamente portuguesa, com matéria prima 100% italiana, o Magic Mirror (existente também em Matosinhos), onde os clientes podem pedir sugestões de outras peças para conjugação, bem como ter a informação completa sobre o artigo (manufatura, materiais), e também um espaço dedicado exclusivamente à perfumaria, localizada no piso -1, onde antes era localizada a cozinha do edifício.

Outro dos “toques” especiais, garantindo um requinte diferente de outras lojas do grupo Inditex, é o espaço de “livraria”, junto a um dos terminais de compra, onde se podem encontrar exemplares da editora Taschen.  Acima de tudo, chama-se à atenção a simpatia e disponibilidade de cada colaborador em auxiliar o cliente, dando-lhe a atenção necessária para melhor concretizar as suas necessidades.

Seja como for, este novo espaço pede uma visita demorada, mais ainda agora que os dias se tornam mais compridos.

Partilhar Artigo: