Revista Rua

2018-08-20T12:12:19+01:00 Ao Volante, Atelier

Mercedes CLS

O familiar desportivo
Maria Inês Neto2 Julho, 2018
Mercedes CLS
O familiar desportivo

O novo CLS chegou ao mercado nacional. Com um design sofisticado, juntam-se algumas surpresas aos traços característicos do modelo. Deixa de ser 2+2 e oferece três lugares no banco traseiro com as costas rebatíveis assimetricamente. A gama CLS conta com três monitorizações de blocos de seis cilindros: duas a diesel e uma outra com uma potência máxima de 367 cv. Esta vertente inclui um segundo motor elétrico, com uma potência de 22 cv, com a função de complementar o motor de combustão nas acelerações e nos momentos em que o condutor está a rolar sem ter de acelerar. Quanto aos motores diesel, a escolha recai entre as versões 350d de 286 cv, ou 400d de 340 cv.

No interior, podemos encontrar novos ecrãs digitais que podem chegar ás 12,3 polegadas no painel de instrumentos e na consola central. Esta edição conta de série com uma chave de acabamento em preto brilhante e uma moldura cromada de alto brilho, embaladeiras das portas AMG iluminadas à frente, estofos em pele preto pérola ou preto, tablier e portas em pele, acabamentos interiores em madeira de freixo e jantes em liga leve de 20 polegadas. Podemos contar também com um sistema de tração integral 4Matic, – comum a todos os CLS –  e, como já tem acontecido com os últimos modelos, existe uma edição especial no início da comercialização.

A terceira geração do Mercedes-Benz CLS já tem preços para Portugal. A versão mais acessível, o CLS 450 4Matic, a gasolina, está disponível a partir de 98.894 euros. A gama Diesel começa nos 101.800 euros.

Partilhar Artigo: