Revista Rua

2020-07-22T14:50:08+00:00 Atelier, Em Destaque, Moda

My Cute Pooch, individualidade, ousadia e irreverência

Pelas palavras da criadora da marca, Mara Ferreira: “A My Cute Pooch quer dar um lugar central à individualidade e versatilidade da mulher"
Maria Inês Neto
Maria Inês Neto22 Julho, 2020
My Cute Pooch, individualidade, ousadia e irreverência
Pelas palavras da criadora da marca, Mara Ferreira: “A My Cute Pooch quer dar um lugar central à individualidade e versatilidade da mulher"

Autenticidade é a palavra que melhor descreve a essência da My Cute Pooch, uma marca de malas de senhora que chegou ao mercado em abril de 2019, embora tenha nascido de uma empresa com mais de duas décadas de experiência e know-how no sector da produção de artigos similares, com uma premissa vincada: ser uma marca que honra o carácter e a identidade de cada mulher. Pelas palavras da criadora da marca, Mara Ferreira: “A My Cute Pooch quer dar um lugar central à individualidade e versatilidade da mulher, adaptando-se a diferentes personalidades, diferentes momentos e criando uma alternativa à monotonia do quotidiano”.

Através de propostas ousadas, personalizáveis e um tanto divertidas, a marca apresenta-se sob um conceito muito particular, que pretende aproximar o design à escolha de materiais de alta qualidade e com um selo de sustentabilidade, para dar resposta à procura de um público que é cada vez mais exigente. Essa é também uma das particularidades que caracteriza a marca portuguesa: o facto de se revelar num produto totalmente vegan e reciclável. Sendo o bulldog francês a sua base de inspiração, não faria qualquer sentido que o processo de produção começasse com a escolha de materiais que acusassem ser testados em animais, o que iria contra a linha de conduta da marca. Dos vários materiais existentes no mercado, a criadora da marca descobriu um muito particular, o B-Light, que é uma espécie de borracha, com um toque muito suave e delicado, perfeito para personificar o conceito que tinha em mente. Já na fase de desenvolvimento dos produtos, é assegurado o uso de materiais exclusivamente recicláveis, garantindo, ainda, que nenhum dos produtos contém ingredientes de origem animal. Todo este processo garantiu a certificação com o selo PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), como uma marca vegan aprovada.

Totalmente fabricada em Portugal, no processo de criação dos produtos da My Cute Pooch apenas entram materiais de alta qualidade, sendo que tanto a base da mala como o detalhe das orelhas são produzidos a partir de um produto que revela ainda um suave aroma a limão, enquanto o interior é feito a partir de tecidos nobres, também sustentáveis, que garantem uma delicadeza palpável. Tanto as correntes como todos os acessórios das malas são banhados a ouro, estando isentos de níquel e respeitando as normas do regulamento REACH – um sistema que se destina a controlar o uso de substâncias químicas.

Com uma estética que rapidamente categorizou a My Cute Pooch como uma marca diferente e muito particular, um dos objetivos era permitir a personalização ao gosto de cada pessoa que irá usar a mala. Desta forma, para além dos designs irreverentes já disponíveis e que sustentam cada coleção, é possível personalizar a mala ao pormenor, como se fosse uma tela em branco à espera de ser pintada. Do exterior ao interior da mala, podem ser escolhidos e contrastados virtualmente, através do site, os tons e as combinações que servirão de base para a escolha dos acessórios que são já os detalhes principais: as orelhas e o nariz, que se tornaram nos elementos marcantes da marca e que conferem uma identidade única a cada mala. Por esse mesmo motivo, a cada coleção, o design original nunca é alterado. “Escolhi o bulldog francês como inspiração para a My Cute Pooch porque é um animal vibrante e cheio de carácter. O seu pequeno porte, charme e personalidade pareceram-me as características perfeitas para dar vida ao conceito always by your side, na forma de uma mala que pudesse ser companheira de todas as mulheres em qualquer ocasião”, conta-nos Mara Ferreira, criadora da marca.

Por norma, as bases da mala querem-se simples e apenas de uma cor, para ser depois possível arriscar em padrões mais ousados nos detalhes principais. Há ainda a escolha da alça mais apropriada ao gosto de cada cliente, permitindo ainda a possibilidade de gravação a laser na própria mala. “O público da My Cute Pooch é variado. Temos clientes de várias faixas etárias, de diferentes localizações e com perfis muito distintos. Há clientes que se identificam com a marca pelo facto de terem um bulldog e de quererem uma mala igual ao seu amigo de quatro patas e outras clientes que se identificam com o lado mais divertido e de moda da nossa marca”, partilha Mara.

Todas as propostas são apresentadas no site oficial da marca, que permite uma experiência de compra personalizada muito próxima e eficaz, possibilitando ao cliente testar as opções disponíveis até encontrar o design perfeito para a sua mala. Na procura de manter um registo diferenciador e de referência a nível nacional – e internacional – o modelo de negócio da marca passa por estabelecer parcerias com multimarcas localizadas em diversas cidades, nas quais são vendidos os produtos da My Cute Pooch. Em Portugal, é possível encontrar os artigos da marca em cidades como Guimarães, Fafe, Braga, Lisboa e até no Funchal, assim como em várias lojas situadas em Espanha. “O produto core da My Cute Pooch são as malas de senhora, mas em breve teremos novidades que vão trazer ao público alternativas igualmente singulares e inspiradoras”, termina a criadora da marca.

Partilhar Artigo: