Revista Rua

2020-12-04T12:18:45+00:00 Opinião

O Natal e as compras

Finanças Pessoais
Carina Meireles
Carina Meireles
4 Dezembro, 2020
O Natal e as compras

Estamos num dos meses do ano em que gastamos mais dinheiro e que nos faz, muitas das vezes, ultrapassar o orçamento, acabando por gastar mais do que devíamos. E como a nossa vida financeira deve ser bem gerida o ano todo, em dezembro não deve ser exceção.

Para isso aqui ficam algumas dicas que podem ajudar a organizar melhor a sua carteira nesta altura do ano:

1 – Faça uma lista das compras que pretende fazer e caso opte por comprar os brinquedos nos hipermercados, separe da sua lista habitual de compras, para não se perder nem misturar as contas. Para isso crie orçamentos diferentes e faça bem as contas, quanto aos brinquedos que pretende comprar.

2 – Poderá ser uma boa opção comprar os brinquedos, nos fins-de-semana com os descontos que podem muitas vezes chegar aos 50%, acumulando em cartão. Esta poderá ser uma forma de posteriormente aproveitar o saldo nas compras habituais e essenciais para a casa, não gastando mais com isso.

3 – Evite gastar todo o seu subsídio de Natal e aproveite este para criar uma poupança para as suas crianças e vá reforçando sempre que possível, com prendas que eles recebam em dinheiro.

4 – Aproveite para fazer um planeamento de quanto terá que gastar na ceia de Natal, e também aqui poupar nas compras, aproveitando para, por exemplo, fazer as sobremesas em casa.

5 – Viva este mês intensamente, principalmente com as crianças, o tempo passa muito depressa e rapidamente estamos no ano novo com novos desafios e novas metas. Aproveite este mês para fazer um balanço deste ano e criar objetivos estratégicos para o próximo ano ser uma viragem na sua vida financeira. Pense o que poderá mudar no novo ano, para começar a criar ou reforçar uma poupança.

6 – Poupe na ceia de Natal com as compras planeadas com a devida antecedência através da pesquisa online. Desta forma poderá comparar preços ou até mesmo comprar algumas prendas de Natal por aqui e aproveitar descontos, como por exemplo na compra de livros.

E com um Natal mais resguardado este ano, mas em família, mesmo que seja no coração, viva todos os momentos e aproveite este mês para definir como vai começar o ano novo. Pense em criar objetivos a curto, médio e longo prazo e defina uma data para os concretizar. Tenha a sua agenda também organizada da melhor maneira no que toca a despesas e formas de juntar dinheiro. Vai ver que não existe melhor maneira de começar!

Desejo um feliz Natal e um excelente ano novo!

Não deixe de acompanhar estas e outras dicas na Revista Rua e através das redes sociais: Instagram, Facebook ou Linkedin.

Sobre a autora

“Olho para tudo na vida como um desafio, uma oportunidade para fazer algo diferente e para aprender coisas novas.”
Movida pelo conhecimento e a aprendizagem constante, que a levou a concluir o Mestrado em Gestão Comercial, seguido do MBA em Marketing e Direção Comercial. Com quase duas décadas de carreira na banca, é uma profissional com experiência consolidada na área financeira e comercial, com um vasto conhecimento teórico, prático e técnico neste sector, ajudando sempre desta forma quem a procura (particulares e empresas). Leva ainda toda esta experiência e know-how mais longe, partilhando-a em sala de aula enquanto Docente do Ensino Superior. Gosta de pessoas e de trabalhar com equipas. Mais recentemente, teve várias participações televisivas com rubricas financeiras e tem crónicas mensais em jornais e revistas sobre Finanças Pessoais e ainda uma rubrica semanal numa Rádio.

Partilhar Artigo: