Revista Rua

2019-04-30T14:40:29+00:00 Gastronomia, Sabores

O poder do Elemento fogo!

Elemento é o nome do novo restaurante no Porto, conduzido pelo chef Ricardo Dias Ferreira.
Chef Ricardo Dias Ferreira
Redação
Redação18 Abril, 2019
O poder do Elemento fogo!
Elemento é o nome do novo restaurante no Porto, conduzido pelo chef Ricardo Dias Ferreira.

Por Daniela Veiga

Situado no Porto, o Elemento é a concretização do sonho de vida do chef Ricardo Dias Ferreira. Com apenas 31 anos, Ricardo Dias Ferreira é um dos chefs mais prestigiados em Portugal e já passou por inúmeros restaurantes e hotéis internacionais. A sua história inclui passagens pelo restaurante Shis, também no Porto, pelo Hotel Campo Real, ainda na categoria de sous-chef junior, pelos restaurantes Arola e Midori, na Penha Longa, e ainda pelo The Yeatman, por altura da sua abertura. Depois deste circuito no seu país natal, Ricardo decidiu rumar a Espanha, onde o esperavam novos desafios e onde teve a oportunidade de trabalhar durante cinco meses com Martin Berasategui, o chef premiado responsável pelo Lasarte (San Sebastian). Mas o anseio por experiências diferentes fê-lo arriscar ainda mais: com o mapa da Austrália no bolso, o jovem chef, na altura com 23 anos, procurou oportunidades no consagrado Quay Restaurante (que à data se encontrava em 21º lugar na lista San Pellegrino) e, pouco tempo depois, arriscaria com a abertura de um espaço pop up do restaurante Chiado, o primeiro restaurante contemporâneo de gastronomia portuguesa em Sydney. Ainda em terras australianas, Ricardo Dias Ferreira esteve à frente do restaurante Altitude, no Hotel Shangri-La de Sydney, onde foi agraciado com prémios, como o de melhor restaurante do grupo Shangri-La em 2016 ou o prémio de melhor restaurante de fine dining de hotel da Ásia e Oceania pelo Luxury Travel Guide.

Conduzir as oito cozinhas desse hotel em Sydney foi o desafio que se seguiu na carreira do chef, que encontrou neste ambiente a paixão pelo elemento ardente, trabalhando com fumados e grelhados com fogo.

Quando voltou a Portugal, o objetivo de Ricardo Dias Ferreira era simples: juntar todos os elementos das várias culturas por onde passou e fundi-los num único paladar. Médio-Oriente, Coreia, Austrália e Portugal no mesmo prato. Bem-vindo ao Elemento!

Apresentando como conceito central a ligação entre as origens primitivas do ser humano, o Elemento é um restaurante localizado num edifício do século XIX restaurado. É neste contexto histórico que o chef pretende recordar as raízes da relação do ser humano com a comida. Aqui nasce o “elemento” mais primitivo de todos, que é base de toda a criação gastronómica: o fogo. Lenha, caruma, palha, pinhas e brasas… estes são os recursos utilizados para a elaboração de menus de fazer crescer água na boca.

O objetivo de não utilizar gaz ou eletricidade é conservar o sabor mais puro dos alimentos e todos os seus nutrientes.

Ao jantar, de terça a sábado, pode optar-se pela carta ou pelo menu de degustação, que todas as semanas muda e promete surpreender. De quinta a sábado, no horário de almoço, o Elemento propõe um menu executivo, com entrada, prato, sobremesa e um copo de vinho.

Partilhar Artigo: